BUSCAR
BUSCAR
Imunização
Médicos, enfermeiras e técnicas de 6 cidades são os primeiros a tomar vacina contra a Covid-19 no RN
Para este início da campanha, serão usadas doses da CoronaVac, a vacina desenvolvida pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan que teve o uso emergencial aprovado neste domingo (17)
Redação
19/01/2021 | 09:34

O Governo do Rio Grande do Norte iniciará às 10h desta terça-feira 19 a campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado. O começo da campanha terá um ato simbólico na Escola de Governo, no Centro Administrativo do Estado, em Natal.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), sete profissionais de saúde de seis cidades serão os primeiros a receber o imunizante.

Para este início da campanha, serão usadas doses da CoronaVac, a vacina desenvolvida pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan que teve o uso emergencial aprovado neste domingo (17) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No início da manhã desta segunda, governadores receberam doses do imunizante do Ministério da Saúde. Mais de 82 mil doses foram enviadas ao Rio Grande do Norte. VEJA AQUI quantas doses serão encaminhadas para cada município.

De acordo com a Sesap, o início da vacinação nesta terça-feira será “simbólico”. Depois do ato de hoje, na Escola de Governo, a continuação da imunização acontecerá dentro de 72 horas, que é o prazo para distribuição das doses pelo interior do Estado. Em Parnamirim, no entanto, a prefeitura já marcou o início da vacinação para èsta terça-feira, às 15h, em um abrigo de idosos.

O sistema criado pelo Governo do Rio Grande do Norte para regular a distribuição de vacinas contra a Covid-19 já recebeu mais de 250 mil cadastros em menos de 24 horas de funcionamento. O sistema, “RN+Vacina”, entrou no ar às 12h desta segunda-feira 18. Às 8h desta terça-feira, a plataforma já havia recebido 250.689 pedidos de vacinação.

A alta procura dos potiguares para realizar o cadastro fez o site congestionar no primeiro dia de funcionamento. Somente nas últimas quatro horas a procura pelo termo “rnmais vacina cadastro” cresceu mais de 250%, segundo Google Trends.

Em alguns momentos, a plataforma saiu do ar ou apresentou problemas para a finalização do cadastro.

O cadastro na plataforma não é obrigatório, mas, segundo o Governo do Estado, será importante para agilizar o processo de vacinação contra a Covid no RN. Para se cadastrar, é necessário informar dados pessoais, como nome completo, CPF, endereço e número de telefone, além de apontar se possui comorbidades que enquadrem a pessoa no grupo de risco para o novo coronavírus.

Confira a lista dos primeiros a serem vacinados:

  • Maria de Lourdes Nascimento de Morais – 54 anos- Enfermeira no Hospital Municipal Dr. Percílio Alves
  • Renata de Souza Carneiro Martins da Silva – 29 anos – Técnica de enfermagem no Centro covid-19
  • Antônia Pinheiro da Silva Araújo – 54 anos- Enfermeira da Estratégia Saúde da Família – Comunidade Indígena de Lagoa do Tapará
  • Giorgione Guerra Cabral- 31 anos- Médico no Hospital de Campanha de Natal
  • Geny Souza de Santana – 67 anos- Médica no Hospital Maternidade do Divino Amor
  • Edilma Pereira da Silva – 49 anos- Técnica de enfermagem no Hospital de Campanha de São Gonçalo do Amarante
  • Maria das Graças Pereira de Oliveira – 57 anos- Técnica de enfermagem no Hospital Giselda Trigueiro

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.