BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Marcelo Hollanda: A Copa América no Brasil é absoluta falta do que fazer. Só ajuda a Conmebol
Confira a coluna de Marcelo Hollanda desta sábado 5
Marcelo Hollanda
05/06/2021 | 08:18

Médicos/cientistas

Difícil dizer isso, mas nem todo médico é um cientista como agrônomos não precisam ser pesquisadores para atender bem sua clientela. Médicos podem escrever bem, mas jornalistas não podem operar. Não tem porque, então, alguns médicos dedicarem tanto ódio à Dra Luana, aquela cujo depoimento na CPI da pandemia veio depois da oitiva da Dra Nise Yamaguchi.

Velho novinho

Mais uma vez o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, é destacado para dar um verniz àquela ação indesculpável do general Eduardo Pazuello, que sendo da ativa subiu num palanque com o presidente para fazer política. Depois de trabalhar para quase todos os governos desde a redemocratização, é um talento esse senador.

Vingança

Não é segredo para ninguém que o presidente Bolsonaro foi um militar indisciplinado e quase foi expulso do Exército. Ao invés disso, saiu promovido de lá, mas saiu. Foi um alívio para muitos de seus superiores. Há quem diga que o presidente agora se vinga em alto estilo, dando significado à expressão “vingança é um prato que se come frio”.

Cepa América

A Copa América no Brasil é absoluta falta do que fazer. Só ajuda a Confederação Sul-Americana de Futebol, mais conhecida pelo acrônimo CONMEBOL. E só prosperou porque seus dirigentes fizeram o certo: foram direto pedir a ajuda do mandatário maior do país. Agora, Inês e morta e seja o que Deus quiser.

Cadê o Moro Quem anda quieto nesses tempos é o ex-juiz Sérgio Moro. De seu domicílio norteamericano, ele nada tem mais a fazer a respeito de sua imagem desgastada pelo vazamento dos áudios comprometedores com os procuradores da operação Lava Jato. Assim é a vida. Pelo menos a dele é regada por um ótimo salário e participação societária na afirma que cuida dos clientes que ele tanto prejudicou.

Siga o dinheiro

Enquanto dava trela para os médicos-cientistas, o governo ignorava 53 e-mails da Pfizer tratando sobre vacinas. Em compensação, o país era inundado de hidroxicloroquina e os fabricantes da Ivermectina aumentavam em mais de 1.000% suas vendas. Tem que seguir esse dinheiro.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.