BUSCAR
BUSCAR
Turismo
Malha aérea do RN apresenta aumento de 70% na oferta de voos
Projeção para o mes de setembro destaca, ainda, tendência positiva 92% em assentos em relação ao mês anterior
Redação
27/08/2020 | 17:55

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte após reuniões com as cias aéreas apresenta números que apontam forte crescimento na malha aérea do Estado para o mês de setembro. Além disso, as ações de posicionamento do destino como o reconhecimento do WTTC – Conselho Mundial de Viagens e Turismo que garantiu o Selo Turismo Seguro, a criação do selo local Turismo+Protegido e a parceria de promoção para o público final com grandes operadores de turismo colaboram com a execução do plano de retomada do turismo.  

A tendência positiva apontada pelo setor de Pesquisas e Inteligência da Emprotur considerou somente os números relativos aos voos domésticos, representando um crescimento de 70% na oferta de voos e 92% na capacidade de assentos em relação ao mês de agosto. “Analisamos os voos domésticos devido às características de viagem impostas pela pandemia e também os indicativos de como serão os próximos meses. E esse é o maior salto registrado desde o início da retomada das companhias aéreas, em julho”, contou o coordenador do setor Leonardo Seabra. 

Apenas a companhia aérea LATAM apresentou crescimento de 150% de vôos em relação a agosto. “É uma avaliação que realizamos mês a mês, o incremento do aumento de conectividade com aeroportos estratégicos, como Guarulhos (GRU) e Brasília (BSB), nos aproxima de regiões importantes do país, de mercados emissores vitais para nossa atividade. Além desse crescimento, nós também estamos conectados com Rio de Janeiro (GIG), Salvador (SSA) e Recife (REC)”, avaliou a Secretária de Turismo, Aninha Costa.

O secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, explica que, devido aos efeitos da pandemia, houve um relaxamento quanto às contrapartidas em números de voos impostas às aéreas por desfrutarem dos descontos progressivos no ICMS do querosene de aviação (QAv) justamente pela redução natural do fluxo aéreo durante o período de distanciamento social. “Mas já estamos conversando com as companhias para o restabelecimento das metas para 2021, inclusive para garantir um incremento de voos na alta estação. O turismo depende disso e é um setor estratégico para a economia do Rio Grande do Norte, pelo número de empregos que gera. Todos os esforços estão sendo feitos pelo governo para assegurar uma recuperação mais rápida e retomada segura desse segmento”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.