BUSCAR
BUSCAR
Tragédia
Mãe de MC Kevin chora em entrevista a Ana Maria: “Precisava de psicólogo”
Ana Maria Braga questionou a mãe do cantor a respeito de como a fama repentina dele foi tratada no âmbito familiar. Ela reforçou a ideia de que o artista teve uma ascensão na carreira musical muito repentina, causando um descompasso em sua rotina
Notícias da TV
19/05/2021 | 11:22

Valquíria Nascimento, mãe de MC Kevin, não conteve a emoção e chorou durante entrevista a Ana Maria Braga, no Mais Você, nesta quarta-feira 19. Ela contou como tem sido conviver com a ideia de que o funkeiro morreu aos 23 anos de idade, de forma trágica, e revelou que tentava orientá-lo a procurar ajuda profissional para lidar com a fama: “Precisava de psicólogo”, declarou.

A apresentadora questionou a mãe do cantor a respeito de como a fama repentina dele foi tratada no âmbito familiar. Ela reforçou a ideia de que o artista teve uma ascensão na carreira musical muito repentina, causando um descompasso em sua rotina.

“Você disse em algum momento que achou que ele precisaria de ajuda de um psiquiatra por ter sido tudo muito intenso, muito rápido, e ele muito jovem. Em um dia vocês não tinham nada para comer e, no outro, vocês estavam com um carro de R$500 mil na garagem. Precisaria de uma estrutura emocional muito forte para entender essa mudança tão rápida. O que ele te dizia a respeito disso?”, indagou a loira.

“Ele sempre foi um menino muito intenso. Além de tudo isso [que Ana Maria mencionou], ele tinha hiperatividade. Sempre falei que ele precisava de um psicólogo. Como você disse, a gente passou muita necessidade. Mas ele falava que eu era a psicóloga dele, que quando ele quisesse falar com alguém, falaria comigo”, explicou.

Valquíria destacou também que não sabia da vida de Kevin fora do ambiente familiar. Por isso, ela ainda está sem entender as circunstâncias que envolvem a morte dele.

“O filho nunca fala para a mãe o que faz, a gente fica sabendo pelos outros. O Kevin teve uma infância difícil, nunca quis que ele ficasse se envolvendo com drogas, bebidas. Mas para quem vem da periferia, é essa a realidade. Sempre falei para ele respirar, para viver, e ele, em dois meses, fez tudo: foi para Dubai, México… Nos últimos dias de vida ele não dormia. Falava que ele estava vivendo na velocidade da luz e uma hora a luz se apagaria. E hoje ele não está mais aqui”.

A mãe do cantor também negou a informação de que ele teria se casado com a advogada Deolane Bezerra. “Ele não se casou, foi um noivado. Ele falou que casou, mas não casou”, esclareceu.

Desolada, a matriarca contou que ainda não consegue definir seus sentimentos diante da morte do funkeiro.

“Eu estou sem forças para muita coisa, parece que saiu um pedaço de mim. Eu e o Kevin tínhamos uma relação muito intensa, sempre estava comigo para tudo, falava comigo mesmo sem estar em casa. Estou sem chão, não sei explicar o que estou sentindo. O que aconteceu eu ainda não sei, não estou entendendo nada. A última vez que ele me mandou mensagem era 17h27. Às 18h e pouco recebi a notícia de que ele tinha caído do apartamento”.

MC Kevin havia revelado publicamente seu vício em drogas. A mãe dele, então, deu um conselho aos jovens artistas que, assim como o filho, estão vivendo uma carreira meteórica.

“Eu quero que esses meninos escutem mãe e pai. Quando a gente é jovem, não escuta mesmo, né? Mas escute só um pouquinho. Talvez, se ele tivesse me escutado quando eu disse ‘faz o show e vem embora, não fica lá’, ele estaria aqui ainda”, afirmou, referindo-se ao fato de que o cantor tinha um show no Rio de Janeiro e, após a apresentação, escolheu ficar hospedado até domingo no hotel onde morreu.

MC Kevin caiu de uma altura de 18 metros, da sacada de um quarto do hotel onde estava hospedado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, no último domingo (18). Ele sofreu ferimentos graves, foi levado do Hospital municipal Miguel Couto, mas não resistiu.

A polícia apreendeu celulares e ouviu depoimentos de pessoas que estavam com ele no momento do acidente, incluindo uma modelo que afirmou ter tido relações sexuais com ele instantes antes do ocorrido.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.