BUSCAR
BUSCAR
Rio Grande do Sul

Lula vai nomear autoridade pública para coordenar ações federais no Rio Grande do Sul

Laércio Portela, que já atuou na comunicação dos primeiros mandatos do presidente Lula (PT), assumirá a Secom
Redação
15/05/2024 | 08:08

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) escolheu Paulo Pimenta, atualmente no comando da Secretaria da Comunicação, para a função de ministro extraordinário da reconstrução do Rio Grande do Sul. A medida é uma resposta à tragédia no estado causada por chuvas e inundações.

Laércio Portela, que já atuou na comunicação dos primeiros mandatos do presidente Lula (PT), assumirá interinamente o posto de Pimenta.

paulo pimenta
Ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência, Paulo Pimenta - Foto: VALTER CAMPANATO / AGÊNCIA BRASIL

A ideia é que Pimenta se encarregue de monitorar e coordenar as ações federais para o estado. O anúncio oficial deve acontecer nesta quarta-feira 15, quando Lula vai ao Rio Grande do Sul para visitar as áreas atingidas pelas inundações e anunciar um novo pacote de medidas.

Entre as iniciativas do pacote, além da constituição de uma autoridade climática para coordenar as ações no RS, está a concessão de um voucher de R$ 5 mil para atingidos pelas inundações e a inclusão de 20 mil beneficiários do estado no programa Bolsa Família.

Lula fez cobranças à sua equipe no fim da tarde de segunda 13. O áudio dessa fala inaugural do petista em reunião ministerial foi divulgado pela Secom.

Lula disse que é um compromisso seu deixar o Rio Grande do Sul “como era antes da chuva”.
Durante a reunião de emergência na segunda-feira para tratar da crise climática no RS, Lula cobrou de seus ministros para que haja coordenação nas falas e ações e pediu que não fiquem “inventando coisas” que ainda não foram discutidas no âmbito do governo.

“Não dá para cada um de nós que tem uma ideia anunciar publicamente essa ideia. Uma ideia é um instrumento de conversa no governo para que a gente transforme a ideia numa política real. Não é cada um que tiver uma ideia, vai falando da sua ideia, vai dizendo o que vai fazer, porque isso termina não construindo uma política pública sólida e uma atuação muito homogênea do governo, no caso do Rio Grande do Sul”, disse.

Porto Alegre registra menor temperatura do ano

Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, registrou a menor temperatura mínima do ano nesta terça-feira 14, com 10 °C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O instituto já havia alertado que uma massa de ar polar que se aproxima do Rio Grande do Sul iria derrubar as temperaturas da capital gaúcha. Também pode provocar geadas no estado, além de dar uma trégua nas chuvas.

Na quinta-feira, quando também há possibilidade de geada na capital gaúcha, as temperaturas devem ficar entre 8 °C e 17 °C, com tendência de alta.

A partir de sexta-feira, segundo o Inmet, as chuvas devem voltar, especialmente em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com pancadas isoladas por conta da passagem de um novo sistema frontal. As chuvas podem vir acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento na região.

O nível do Rio Guaíba, que banha a capital gaúcha, apresentou sinais de estabilização na noite desta terça-feira. No começo da noite, a medição na régua do Cais Mauá indicava 5,22 metros, abaixo do pico superior a 5,30 metros do começo do mês.

De acordo com a prefeitura de Porto Alegre, entre esta quarta e quinta-feira, passará a ser de recuo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Banda Far From Alaska é confirmada no line-up do Festival Crossroads
Um dos principais nomes do rock da nova geração se apresenta no maior festival dedicado ao Dia Mundial do Rock do Sul do Brasil, no dia 13 de julho, em Curitiba
22/05/2024 às 16:37
Após chuva no RS, país se prepara para seca na Amazônia
Alerta foi feito pela secretária nacional de Mudança do Clima
22/05/2024 às 13:48
Rio Grande do Sul confirma segunda morte por leptospirose
Estado é atingido por temporais e enchentes desde final de abril
22/05/2024 às 12:28
Projeto que institui vacinação nas escolas vai à sanção presidencial
Matéria foi aprovada pelo Senado na última terça-feira
22/05/2024 às 11:51
Programa de passagens aéreas acessíveis deve ser finalizado até junho
Anúncio foi feito pelo ministro do Portos no Bom Dia, Ministro
22/05/2024 às 11:36
Homem é preso no Rio por filmar partes íntimas de atletas durante liga de vôlei
O segurança foi pego utilizando uma câmera semiprofissional para fazer as imagens das jogadoras
22/05/2024 às 11:22
Correios arrecada mais de 15 mil toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul
No Rio Grande do Norte já são quase 70 toneladas de donativos arrecadados
22/05/2024 às 10:06
Começa consulta a maior lote de restituição do IR da história
Cerca de 5,6 milhões de contribuintes receberão R$ 9,5 bilhões
22/05/2024 às 09:33
“Ainda bem que a Boeing teve um desastre e não quis mais a Embraer”, afirmou Lula
Há quatro anos, empresa americana desistiu de comprar parte da brasileira
21/05/2024 às 21:14
CNM lança consórcio nacional e apresenta PEC para enfrentamento de desastres e mudanças climáticas
A proposta também prevê a aplicação dos recursos do Fundo Nacional de Mudança Climática fora do Orçamento Geral da União
21/05/2024 às 18:20
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.