BUSCAR
BUSCAR
Maxaranguape
Localizada no Litoral Norte potiguar, Lagoa do Vital seca e Idema investiga possíveis causas
Lagoa do Vital é um dos principais pontos turísticos do Rio Grande do Norte e fica localizada em Maxaranguape
Redação
10/11/2021 | 11:25

Um dos principais pontos turísticos do Litoral Norte do RN, a Lagoa do Vital secou. De acordo com informações de trabalhadores e moradores da região, a lagoa baixou completamente o nível a cerca de três semanas. Com isso, o atrativo natural sumiu do mapa de uma hora para a outra. O lugar fica situado no município de Maxaranguape. As informações são da InterTV Cabugi.

A “antiga” paisagem agora só apresenta poças de água e peixes agonizando em meio à lama. O Instituto de Defesa do Meio Ambiente (Idema-RN) afirmou que vai investigar o caso.

Apesar de estar em uma propriedade privada, a lagoa tem acesso público. Há pouco tempo ela teve o sandradouro aberto, isso ajudou a diminuir o nível da água de forma mais rápida, conforme contou alguns trabalhadores do trecho.

Localizada no litoral norte potiguar, lagoa do vital seca e idema investiga possíveis causas
Lagoa do Vital, no litoral norte do RN, antes de secar. Foto: Redes sociais

“Há três finais de semanas atrás a gente percebeu o nível dela baixando bastante. E com isso a gente ficou muito preocupado. Só esperando uma chuva pra poder encher ela. E tem outros motivos também, já que tentaram secar ela três vezes. Se não tivessem tentando secar, eu acredito que ainda teria bastante água”, contou a fotógrafa Mara Andreza Barros, dona de uma das nove barracas que vende petiscos e bebidas no local.

Anteriormente utilizada apenas por nativos, o local começou a ser explorado turisticamente nos últimos sete anos. Com isso, vários passeios de buggy e quadriciclo passaram a ser recorrentes. Além disso, famílias passaram a se reunir, assim como praticantes de stand-up paddle, caiaques e pedalinhos. Na alta estação, a Lagoa do Vital costuma ter turistas todos os dias.

“Infelizmente a lagoa secou e a gente ficou sem ter recurso. E a gente está agora em outro lugar. Mas como se gente vê, é de partir o coração. Dava muitas pessoas, turistas”, lamentou a comerciante Thaíse Francsica de Assis.
“Lá não é igual aqui, mas também é um rio muito lindo, de encontro com o mar, de águas cristalinas também”, completou Mara. Os comerciantes se transferiram para o Rio Peracabu, também em Maxaranguape, com frequência bem menor.

Posicionamento da prefeitura de Maxaranguape e do Idema

Com auxílio do Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn), o Idema informou que já iniciou uma investigação para apurar a vazão da água da Lagoa do Vital e a mortalidade de peixes no local. Equipes dos órgãos devem ir ao trecho nesta quarta-feira (10).

“A diretoria já solicitou à equipe de fiscalização para fazer uma vistoria na área para tentar identificar possíveis problemas que geraram a mortandade desses peixes, como também já entramos em contato com o Igarn pra que acompanhe o Idema nesse processo de fiscalização e, se possível, faça a coleta da água e as análises para identificar se na água existe algum poluente, elemento que possa ter contribuído para a mortandade desses peixes”, afirmou o diretor técnico do Idema, Werner Farkatt.

O Idema explicou ainda que o Rio Grande do Norte, assim como todo o país, tem passado por um período com poucas chuvas, o que contribui para o problema.

“Nós sabemos que o RN e o Brasil como um todo estão passando por um período de baixa intensidade pluviométrica, que pode de alguma maneira contribuir para diminuição do nível dos aquíferos, tornando também um ambiente inapropriado para esses animais”, disse Werner.

A prefeitura de Maxaranguape informou que está ciente das denúncias recebidas pelo Idema e que acompanha o órgão em visitas a lagoa. Além disso, se disponibiliza a auxiliar nas demandas necessárias. No entanto, como se trata de uma propriedade privada, o executivo municipal não possui autonomia para fiscalizar, sendo assim de responsabilidade do Estado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.