BUSCAR
BUSCAR
Futebol
Libertadores tem duelos decisivos e Brasil pode garantir representante na final
Com seis representantes nas oitavas de final, o Brasil já pode garantir uma vaga na decisão da Libertadores caso Grêmio, Santos, Flamengo e Inter avancem na competição
Estadão
01/12/2020 | 08:58

Os jogos no meio desta semana são decisivos para os clubes brasileiros na Copa Libertadores da América. Com vantagem após vitória no duelo de ida, Santos, Palmeiras e Grêmio buscam confirmar a classificação para as quartas de final. O Athletico-PR, por sua vez, tem a missão mais complicada: empatou por 1 a 1 com o River Plate, na Arena da Baixada. O Flamengo também ficou no 1 a 1, mas na Argentina, com o Racing, e vai decidir a vaga no Maracanã. Já o Internacional inicia as oitavas contra o Boca Juniors nesta quarta-feira, depois de o confronto de ida ter sido adiado em razão da morte do ídolo argentino Diego Maradona.

Com seis representantes nas oitavas de final, o Brasil já pode garantir uma vaga na decisão da Libertadores caso Grêmio, Santos, Flamengo e Inter avancem na competição. Isso porque o quarteto está do mesmo lado da chave. Se todos passarem de fase, os duelos das quartas de final ficariam: Grêmio x Santos e Flamengo x Inter.

VEJA COMO ESTÃO OS BRASILEIROS NA LIBERTADORES

Na terça-feira, o Santos recebe a LDU na Vila Belmiro, a partir das 19h15. A equipe alvinegra tem a vantagem de poder empatar ou até perder por 1 a 0 para avançar. No duelo de ida, na altitude de Quito, o Santos venceu por 2 a 1.

No mesmo horário, o Athletico-PR vai precisar ter grande atuação no confronto com o atual vice-campeão, o River Plate. Após empate por 1 a 1 na Arena da Baixada, o time argentino tem a vantagem de empatar sem gols para passar de fase.

Logo em seguida na terça-feira, a partir das 21h30, o Flamengo recebe o Racing e joga por um empate sem gols para avançar às quartas de final. No duelo de ida na Argentina, as equipes ficaram no 1 a 1.

Na quarta-feira, o Palmeiras não deve ter dificuldade para confirmar a vaga. O time alviverde bateu o modesto Delfín por 3 a 1 no confronto de ida, no Equador. O jogo de volta será realizado às 19h15, no Allianz Parque.

A partir das 21h30, Inter e Boca começam a decidir quem vai avançar para as quartas de final. O duelo de ida seria realizado na semana passado, mas foi adiado por causa da morte de Diego Maradona. O pedido foi feito pelo time argentino e atendido pela Conmebol. A partida começa às 21h30, no Beira-Rio. Na quarta-feira da semana que vem, as equipes se enfrentam na Bombonera.

Na quinta-feira, o Grêmio recebe o Guaraní do Paraguai e também tem boa vantagem. O time gaúcho venceu por 2 a 0 na semana passada, no Denfesores Del Chaco, em Assunção, e pode até perder por 1 a 0 na sua arena para avançar de fase.

OUTROS CONFRONTOS

Dos oito duelos das oitavas de final, apenas dois não contam com representantes brasileiros. Independiente Del Valle e Nacional empataram por 0 a 0 no duelo de ida e decidem a vaga nesta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Uruguai. No outro duelo sem times do Brasil, o Libertad venceu o Jorge Wilstermann por 3 a 1 e tem boa vantagem para a partida de volta na Bolívia, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília).

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.