BUSCAR
BUSCAR
Pesca

Leilão do Terminal Pesqueiro acontece em junho, afirma Fátima Bezerra

Terminal atenderá tanto à pesca oceânica de maior porte, quanto aos pescadores da comunidade
Redação
22/05/2024 | 14:50

Durante a cerimônia de abertura do Encontro Internacional da ICCAT – Comissão Internacional para a Conservação dos Atuns do Atlântico, realizado no Hotel Serhs, na Via Costeira, em Natal, a governadora Fátima Bezerra (PT) confirmou junto ao ministro da Pesca e Aquicultura André de Paula o leilão para concessão do Terminal Pesqueiro do RN, localizado em Natal, para o próximo mês de junho.

“O leilão é uma prioridade do Ministério e estamos em contato com potenciais investidores interessados em explorar o terminal em Natal, que possui uma posição geográfica estratégica. Inclusive, temos a orientação do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para efetivar as concessões”, disse.

WhatsApp Image 2024 05 22 at 13.46.51
O evento reúne representações de mais de 70 países e teve a presença do ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula. - Foto: Carmem Felix

O terminal atenderá tanto à pesca oceânica de maior porte, quanto aos pescadores da comunidade. A capacidade para estocagem é de 50 mil kg, contará com serviços de beneficiamento primário de peixe e fábrica de gelo com capacidade para produzir 60 toneladas por dia, gerando emprego e renda e maior escoamento da comercialização do pescado.

Evento reúne 70 países em Natal e debate a pesca sustentável de atum no oceano Atlântico

Ainda durante o encontro, a governadora expressou seu apreço e consciência da relevância ao sediar o encontro em Natal, que reúne líderes e especialistas engajados na promoção de um futuro sustentável para a pesca, com ênfase no atum “Albacora-bandolim”, no qual o Rio Grande do Norte tem um papel proeminente no cenário nacional.

Ela enfatizou ainda a necessidade de reflexão sobre o presente e o futuro, ressaltando que o Brasil, reconhecido como um dos principais exportadores, retorna ao cenário mundial de negociação com uma postura assertiva, voz firme e base técnica sólida, refletindo o compromisso do país com a sustentabilidade e a preservação dos recursos marinhos.

Para Fátima Bezerra, o encontro representa uma resposta à crescente urgência de debater os desafios críticos relacionados à conservação marinha e à gestão sustentável dos recursos pesqueiros no Oceano Atlântico, com foco principal na espécie Albacora-bandolim. “Este evento busca fortalecer os laços de cooperação internacional, promover o intercâmbio de informações, aprimorar as práticas e estabelecer parcerias estratégicas para enfrentar desafios compartilhados”, declarou.

Por sua vez, o ministro André de Paula destacou a relevância da conservação e do ordenamento da pesca dos atuns tropicais, ressaltando a importância de garantir sua continuidade para as gerações futuras, mediante o uso sustentável dos recursos pesqueiros. “O Brasil, e particularmente o Rio Grande do Norte, desempenham um papel vital na pesca dos atuns tropicais, que contribui significativamente para a economia e a segurança alimentar e nutricional. Precisamos conciliar os pilares do desenvolvimento econômico, social e ambiental para garantir um futuro sustentável para o nosso setor pesqueiro”, pontuou.

O ministro ainda enfatizou a importância do momento atual para a humanidade, destacando a necessidade de garantir a oferta mundial de alimentos em um contexto no qual os recursos naturais frequentemente demonstram sinais de exaustão. Ele convocou todos os presentes a serem agentes de mudança, promovendo práticas pesqueiras sustentáveis que respeitem a biodiversidade marinha e, ao mesmo tempo, impulsionem o desenvolvimento econômico, a inclusão social e a geração de emprego e renda.

Representantes da União Europeia, do Reino Unido e mais de 70 países, incluindo EUA, Canadá, Japão, Venezuela, Panamá, Nicarágua, Mauritânia, Senegal, Marrocos, Libéria, Honduras, Guiné, Guatemala, Gabão, Belize, Gana, El Salvador, Costa do Marfim e Taiwan estão em Natal para participar do encontro.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
STJ anula provas contra dois investigados pela Lava Jato
Evidências foram anuladas por serem baseadas em sistema da Odebrecht
13/06/2024 às 19:55
Câmara homenageia empresas e instituições que contribuem para o crescimento de Natal
Proposição da sessão solene foi do presidente da casa, vereador Eriko Jácome
13/06/2024 às 10:41
Câmara aprova urgência de projeto que equipara aborto a homicídio
O projeto será votado diretamente no plenário da Casa sem passar por análise de comissões relacionadas ao tema do projeto
13/06/2024 às 07:42
Pré-candidata a vereadora de Natal, Anne Lagartixa ganha destaque nas redes sociais
Filha do policial militar reformado Wendel Lagartixa, Anne publica vídeos na internet sobre a situação do pai e problemas da cidade
13/06/2024 às 07:35
MDB sugere três nomes para a vice de Natália Bonavides e descarta Ana Paula
Júlio Protásio afirma que informações publicadas em blogs foram “plantadas pela assessoria de Paulinho Freire” com o objetivo de “causar confusão interna no MDB”
13/06/2024 às 07:26
Conselho de Ética arquiva processo contra deputado Glauber Braga
Representação por quebra de decoro foi apresentada pelo PL
12/06/2024 às 21:27
Leilão do arroz: CGU abre investigação para apurar suspeitas em importação
Investigação foi aberta após pedido da Conab; após apurações, governo quer realizar novo leilão
12/06/2024 às 21:20
Gilmar: “Disse para Moro que ele e Dallagnol roubavam galinhas juntos”; veja
Ex-juiz da Lava Jato e atual senador virou réu no STF por suposta calúnia ao decano da Corte
12/06/2024 às 19:41
Ministro do Turismo sai em defesa de Juscelino Filho, indiciado por corrupção
Celso Sabino comparou o caso do ministro das Comunicações com o de outras pessoas, sem citar nome ou partido
12/06/2024 às 18:31
Margem equatorial: “perdemos 10 anos”, lamenta presidente da Petrobras
Estatal prepara apresentação para convencer área ambiental do governo
12/06/2024 às 18:18
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.