BUSCAR
BUSCAR
Cultura

Lei Paulo Gustavo: Natal receberá mais de R$ 7 milhões

Maior parte da verba irá para o segmento do audiovisual
Nathallya Macedo
27/08/2022 | 07:00

Intitulada Lei Paulo Gustavo, a nova legislação de incentivo à cultura que foi promulgada no dia 8 de julho prevê repasse de R$ 3,86 bilhões em recursos federais para estados e municípios ajudarem o setor após a crise financeira causada pela pandemia. Natal deve ser beneficiada com um aporte total de mais de R$ 7 milhões, verba que será injetada por meio de editais ou demais formas de seleção pública a serem organizadas pela Secretaria de Cultura da cidade.

A lei homenageia o ator e humorista Paulo Gustavo, que morreu em maio de 2021, vítima da Covid-19. Em entrevista à Cultue, o secretário de Cultura de Natal Dácio Galvão relembrou com carinho a carreira do artista. “Um grande ator da cena brasileira, que foi justamente contemplado para ser patrono de uma lei que prevê uma movimentação ampla e diversa da mesma cultura brasileira pela qual ele tanto lutou, se empenhou e fez valer como um movimento identitário”.

dacio
Dácio Galvão é secretário de Cultura de Natal. Foto: José Aldenir/Agora RN

Do total a ser liberado pelo governo federal, cerca de R$ 2,8 bilhões devem ir para o setor de audiovisual, enquanto o outro R$ 1 bilhão será repartido entre outras atividades culturais. Os repasses deverão ser feitos em até 90 dias após a publicação da lei, e a verba prevista deve sair do superávit financeiro do Fundo Nacional de Cultura (FNC), para ser operada diretamente por estados e municípios.

Para o Município do Natal, o valor total será de R$ 7.358.075,90, sendo distribuído da seguinte forma: R$ 3.897.935,83 para apoio a produções audiovisuais; R$ 891.326,66 para apoio a salas de cinema; R$ 447.555,53 para capacitação, formação e qualificação no audiovisual, apoio a cineclubes e a festivais e mostras; e R$ 2.121.257,87 para apoio às demais áreas da cultura que não o audiovisual.

À Cultue, Dácio Galvão ainda falou sobre o processo de construção e diálogo que está sendo feito entre a gestão municipal e os artistas locais para a implementação da lei. Confira:

Revista Cultue – A Secretaria de Cultura abriu um processo de debate com os representantes do setor artístico local. A participação do público-alvo é importante para que os recursos sejam bem direcionados?
Dácio Galvão – Estamos em processo, como a Lei prevê e sugere, de discussões com os setoriais. Até agora, fizemos reuniões com o pessoal da arte urbana, da arte circense, literatura e dança. Esse diálogo é fundamental para que não haja dificuldade na elaboração dos futuros editais e que sejam editais que venham a contribuir para o setor de maneira com que as vozes dos segmentos produtivos sejam contempladas dentro das suas expectativas. Dentro da linha de política pública, junto com a nossa área técnica, discutiremos pontos de convergência que sejam complementares com os futuros editais da esfera estadual e federal. Isso leva à uma ação de complementaridade entre os entes federados, sem haver redundância de ações. Quem ganha é a cidade, é o bom aproveitamento do dinheiro disponibilizado.

Cultue – Já há uma previsão de quando a verba de R$ 7 milhões será liberada?
Dácio Galvão – É verdade que nós vamos receber valores dessa monta, mas posso adiantar que a nossa equipe, apesar de ser reduzida, tem uma expertise constituída em função da Aldir Blanc 1, quando nós fomos inclusive referência para os editais que lançamos que dialogava com o nosso Plano Municipal de Cultura. Porém, com essa expertise incorporada agora, com corpo técnico e diretivo da Secretaria de Cultura, nós teremos mais facilidade para a implementação e melhor racionalidade para o aproveitamento desses recursos. Nós não temos uma previsão porque dependemos de medidas no âmbito do governo federal, estamos aguardando a regulamentação e a consequente disponibilização dos recursos para a efetivação das chamadas públicas e dos editais.

Revista Cultue – A maior parte da verba vai para a produção audiovisual. Qual é a importância desse segmento na capital potiguar?
Dácio Galvão – Tem uma importância vital e não só para a capital. Eu diria hoje que tem uma importância nacional e internacional por prêmios que estão ratificando, simbolicamente, esta produção do audiovisual realizada em Natal. Temos uma tradição, da Secretaria de Cultura, de fomentar esse tipo de produção, haja vista a quantidade de curtas que nós já produzimos com todos que fazem o segmento, baseado na lei de incentivo fiscal ou nos editais relativos especificamente ao audiovisual. Eu diria que hoje, com as informações que temos, que os nossos fazeres audiovisuais estão espalhados em 40 países, possivelmente. Do ponto de vista do protagonismo de artistas locais, todas as grandes emissoras comerciais do país estão absorvendo a demanda do nosso talento. É fundamental para a economia do conhecimento, da cultura e também da economia criativa. Temos que pensar no audiovisual como uma alavanca não só de reidentificação da cultura local e a sua correlação com o plano mais cosmopolita, mas pensar também na cadeia produtiva que ele [audiovisual] faz movimentar.

Graciele revela como engravidou com Zezé Di Camargo vasectomizado
Casal compartilha experiência e desafios da fertilização em rede social
14/07/2024 às 10:07
Praia Shopping oferece programação especial de férias com sessões de fotos e Pocket Shows
Sessão de fotos com personagens do "Divertida Mente" e pockets shows, marcam a programação recreativa do Praia Shopping, em Natal
09/07/2024 às 18:43
Paróquia São José de Anchieta promove 3ºedição de arraiá
Evento que acontece dia 12 de julho pretende arrecadar fundos para a reforma da Igreja Matriz
09/07/2024 às 18:29
Austin Butler é favorito para assumir papel de Johnny Depp em ‘Piratas do Caribe’
Vilão em 'Duna 2' acerta detalhes do contrato com a Disney para interpretar o novo capitão Jack Sparrow
05/07/2024 às 19:50
Ingressos do festival Ponto de Ebulição estarão disponíveis neste domingo 30
Festival de música estreia 1ª edição nos dias 11 e 12 de julho no Teatro Riachuelo com Khrystal, Valéria Oliveira, Dani Cruz, Simona Talma e os encontros inéditos de Cami Santiz com Gracinha e Sarah Oliver com Tiquinha Rodrigues
26/06/2024 às 18:04
As melhores séries de TV do ano até agora, segundo críticos da BBC
Os críticos Caryn James e Hugh Montgomery listam as 10 melhores produções do streaming neste ano
23/06/2024 às 08:55
Final do Festival do Industriário 2024 – SESI Entoando Canções surpreende, lota Teatro e encanta público em Natal
Ação apresentou novas vozes musicais do Rio Grande do Norte e promoveu uma noite repleta de boa música
01/06/2024 às 09:07
Tiago Iorc canta no Teatro Riachuelo
Com show íntimo e exclusivo, cantor passará por 6 capitais para celebrar a data mais romântica do ano
01/06/2024 às 08:22
Leo Souza estreia última temporada no Mistura Inter TV
Temporada junina, que está sendo gravada em Macaíba, se estenderá até o dia 29 de junho
25/05/2024 às 09:56
Conheça as novas vozes musicais do RN na Semifinal em Mossoró que acontece nesta sexta-feira
Etapa será realizada no auditório do SESI local, a partir das 20h e conta com participação especial de Bia Gurgel - entrada gratuita, retirada de ingresso pelo Sympla.com
21/05/2024 às 18:37