BUSCAR
BUSCAR
Internet
Lei Lucas Santos: vereador de Parnamirim protocola PL que visa combater o cyberbullying
"É importante lembrar que as mídias sociais foram construídas para somar, informar, entreter e não para promover o ódio e a violência. Isso tem que parar já", destaca o vereador Dr. César Maia
Redação
07/08/2021 | 17:25

Após Lucas Santos, de 16 anos, ser encontrado morto depois de sofrer cyberbullying e violência psicológica nas mídias sociais, o vereador de Parnamirim Dr. César Maia protocolou um Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo do município a adotar medidas de conscientização sobre o bullying praticado na internet. O jovem era filho da cantora Walkyria Santos.

Dentre as medidas a serem adotadas, foram sugeridas a criação de campanhas educativas nas escolas e a inserção no projeto pedagógico de medidas que combatam e conscientizem sobre o cyberbullying.

Do mesmo modo, os estabelecimentos e instituições públicas e privadas deverão desenvolver ações que visem informar e conscientizar a população sobre a importância da pauta e as consequências da violência nas mídias sociais.

“É importante lembrar que as mídias sociais foram construídas para somar, informar, entreter e não para promover o ódio e a violência. Isso tem que parar já”, destaca o parlamentar.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.