BUSCAR
BUSCAR
Praça do Mirassol
Ladrões de automóveis continuam agindo em Natal e jornalista assaltada ao meio-dia diz ter ficado “triste e insegura”
Após os “arrastões” realizados em Parnamirim, dia 13, e em vários bairros da zona Sul de Natal na madrugada de sexta 15, um veículo foi roubado na manhã desta segunda-feira 18, na zona Oeste de Natal
Redação
19/10/2021 | 07:58

Os carros se tornaram os grandes alvos da bandidagem. Após os “arrastões” realizados em Parnamirim, dia 13, e em vários bairros da zona Sul de Natal na madrugada de sexta 15, um veículo foi roubado na manhã desta segunda-feira 18, na zona Oeste de Natal. Segundo a PM, a ação foi executada por quatro homens armados, que tomaram o carro de assalto e o abandonaram logo em seguida.

De acordo com a PM, um popular estava caminhando no cruzamento da Rua Jaguarari com a Avenida Jerônimo Câmara e viu toda a ação criminosa. Ele informou aos policiais que os suspeitos chegaram em um Nissan Kirks de cor cinza e abordaram um veículo em movimento.

O carro foi levado e abandonado em um local próximo à Travessa Campina, situada no bairro Dix-sept Rosado.

A polícia recuperou o veículo e o conduziu para a Delegacia Especializada Em Defesa da Propriedade de Veiculos e Cargas (Deprov).

Os proprietários do veículo foram à Delegacia para recebê-lo.

No domingo 17, a jornalista Cinthia Lopes e sua sobrinha foram assaltadas a tarde, na Praça de Mirassol, zona Sul de Natal.

Dois homens armados com pistola chegaram anunciando o assalto e levaram o carro em que elas estavam e celulares.

“Eu e minha sobrinha Renata fomos assaltadas por dois homens armados na praça de Mirassol, meio-dia. Levaram o carro dela e nossos celulares e documentos. Uma pessoa achou os documentos e cartões no Mercado da Av. 4. Mas o carro não. Celulares, nem em sonho.” disse Cinthia, através do Twitter.

Em seu Instagram, a jornalista se descreveu como “triste e insegura”, expondo seu sentimento após a ação criminosa. Momentos depois, pela mesma rede social, Cinthia comunicou que sua sobrinha havia recuperado o carro no bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal.

O titular da Deprov, Joacir Lucena da Rocha, defende que os crimes de roubos a carros não cresceram: “Comparativamente, não está frequente”, disse.

Joacir também acredita que os últimos roubos a carros registrados em Parnamirim e Natal possam ter alguma relação entre si.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.