BUSCAR
BUSCAR
Ação
Justiça determina penhora de imóvel de Ciro para pagar processo de Collor
Ex-presidente abriu um processo contra Ciro após o pedetista afirmar, em entrevista publicada em 1999, que o ex-presidente Lula deveria ter chamado Collor de “playboy safado” e “cheirador de cocaína” em debate nas eleições de 1989
Redação/Folha
25/09/2020 | 14:06

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que seja penhorado um imóvel do ex-governador Ciro Gomes (PDT-CE) como forma de indenização por danos morais ao senador Fernando Collor de Mello (PROS-AL). As informações são da Folha.

O ex-presidente abriu um processo contra Ciro após o pedetista afirmar, em entrevista publicada em 1999, que o ex-presidente Lula deveria ter chamado Collor de “playboy safado” e “cheirador de cocaína” em debate nas eleições de 1989.

A indenização foi fixada em cerca de R$ 400 mil —os quais não foram pagos por Ciro, daí o pedido de penhora. “Com o início das eleições, essa condenação vem em boa hora para demonstrar que devem ser mantidos o respeito e a lisura nos debates”, afirma Regina Manssur.

Questionada, a assessoria do ex-governador não respondeu.

*Com informações da Folha

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.