BUSCAR
BUSCAR
Coluna
João Ricardo Correia: Fome, esquecida por tantos que só lembram da pandemia, continua matando em todo o Brasil
Confira a coluna de João Ricardo Correia desta quarta-feira 16
João Ricardo Correia
16/06/2021 | 10:45

Fome
Pesquisa recentemente divulgada, feita por pesquisadores da Universidade Livre de Berlim, em parceria com pesquisadores da UFMG e da UnB, mostra que a insegurança alimentar se agravou de forma alarmante no Brasil.

Fome 2
O estudo, de acordo com publicação de 14 de abril passado da Carta Capital, aponta que, em dezembro de 2020, a insegurança alimentar atingiu 59,4% dos domicílios brasileiros. 31,7% estão em situação de insegurança alimentar leve, 12,7% moderada e aterradores 15% em situação de insegurança alimentar grave, popularmente conhecida como fome.

Fome 3
A insegurança alimentar grave, repito, a FOME, atinge cheio 29,2% dos lares nortistas e 22,1% dos nordestinos. Essa é a realidade que maltrata, humilha e mata. O resto é pano de fundo para tentar esconder esse povo que é sepultado porque não tem o que comer.

Venda
A Petrobras concluiu nesta segunda-feira, 14, a venda da participação de 50% no campo terrestre de Dó-Ré-Mi, localizado na Bacia de Sergipe-Alagoas.O campo foi vendido para a Centro-Oeste Óleo e Gás, por 37,6 mil dólares.

Coronel
Desde o dia 7 passado, o colunista enviou perguntas ao secretário da Segurança Pública e da Defesa Social do RN, coronel PM Araújo, por meio da assessoria de imprensa do órgão, que confirmou o recebimento. Hoje, 16, nada de respostas. Silêncio total.

Coronel 2
Mudou demais. Quando era comandante geral da PM, o coronel Araújo atendia rapidinho. Eu até havia perguntado sobre o helicóptero, que ainda não tinha voltado a funcionar. Mas ainda valem umas perguntas, entre outras enviadas: Quando o helicóptero está sem funcionar, a equipe que trabalha em função dele faz o quê? São quantos integrantes? Onde ficam sediados? São policiais civis e militares?

Pensamento
Do poeta Bráulio Bessa: “Recomece! Se refaça! Relembre o que foi bom. E se um dia lá na frente, a vida der uma ré, recupere a sua fé e recomece novamente.”

Constatação
Puxa-saco dá a mãe como troco.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.