BUSCAR
BUSCAR
Campanha
Jingle de Lula para 2022 troca “Lula Lá” por “Lula Já”
O neologismo "lular" será utilizado para reforçar a ideia de que o novo cenário político favorece a adesão ao petista, diz colunista
Metrópoles
20/12/2021 | 10:05

O slogan e o jingle da campanha presidencial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já foram escolhidos. O material foi apresentado em reuniões da cúpula do partido em processo de escolha da produtora que desenvolverá o projeto, e foi divulgado pela colunista Malu Gaspar, do jornal O Globo. Entre as empresas participantes, estiveram Leiaute, MPB, Corbellini e Paulo de Tarso.

Serão usadas atualizações de campanhas anteriores e o antigo slogan “Lula Lá” foi convertido em “Lula Já”. A estratégia principal é atrair eleitores de Bolsonaro que se arrependeram ou fazem parte do grupo que afirma não desejar nenhum dos dois como presidente.

“Se possível, algumas delas (as peças publicitárias) devem ser dirigidas para o segmento do eleitorado que votou em Lula, mas em 2018 votou em Bolsonaro e agora está retornando para Lula”, dizia o texto.

O jingle usado desde 1989 foi editado e traz “O Brasil tem pressa” no lugar de “Brilha uma estrela” nessa versão. No vídeo promocional, enquanto imagens de Lula no governo e com o povo aparecem, um locutor diz: “Tem gente que sempre foi Lula, tem gente que nunca foi Lula e agora tá lulando”.

Confira a letra da nova versão do jingle de Lula para 2022:

Lula já

O Brasil tem pressa

Lula já

Pra acabar com a fome

Lula já

Chama logo o homem

Lula já

Pra que outro nome

Não dá mais

Não vou arriscar

Lula já

Pra olhar pra frente

Lula já

Pra cuidar da gente

Lula já

Nosso presidente

Não podemos mais esperar

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.