BUSCAR
BUSCAR
Consult
Jean Paul critica quem usa “cenários fictícios para tentar surfar em uma onda que não existe”
Possível cenário de segundo turno mostra Carlos Eduardo com 33,9% e Fátima com 28,9%
Redação
04/08/2021 | 09:34

A pesquisa do Instituto Consult, divulgada pelo jornal Tribuna do Norte nesta terça-feira 3, mostrou um possível cenário de segundo turno entre Carlos Eduardo Alves, que teria 33,9% das intenções de votos, e Fátima Bezerra, com 28,9% dos votos. Já no primeiro turno, houve um equilíbrio entre os melhores colocados, em uma situação estimulada, e um elevado percentual de pessoa indecisas, na espontânea.

O senador Jean Paul Prates analisa que a pesquisa mostrou uma boa avaliação da governadora. “Nosso mandato tem um trabalho que é muito bem avaliado pelo povo potiguar. No momento, é o que temos que debater: o trabalho prestado ao Rio Grande do Norte. A quem está afastado do povo e da realidade do nosso estado, resta o recall de eleições passadas. É o que está recortado e exposto nesta pesquisa”.

Para ele, a pesquisa funciona como um jogo eleitoral. “Esses levantamentos, inclusive, servem como uma espécie de pré-jogo eleitoral. Nós estamos de chuteiras calçadas e jogando em campo para a partida de verdade, cujo resultado sairá das urnas”.

Jean Paul ressaltou que as especulações soam como uma insegurança por parte de quem está fora de cena. ‘Quanto às especulações, elas só interessam a quem não está seguro de que tem o que mostrar e se utiliza, portanto, de cenários fictícios para tentar surfar em uma onda que não existe. O que eu quero fazer é continuar trabalhando pelo povo do Rio Grande do Norte, junto com a governadora Fátima e com o presidente Lula.”

A deputada federal Natália Bonavides (PT) analisa: “Qualquer pesquisa eleitoral reflete o momento. Ainda falta mais de um ano e muita coisa pode acontecer. O fato concreto é que a governadora Fátima Bezerra tem feito um governo estruturante e vem combatendo a pandemia com afinco. É um governo que tem procurado soluções para os reais problemas do Estado, herança de gestões desastrosas que antecederam o atual governo. A minha impressão, que tenho sentido nas andanças pelo Estado, é que o povo potiguar quer a continuidade do governo da professora Fátima Bezerra.”

De acordo com a pesquisa, na sondagem estimulada, quando são apresentados nomes de possíveis candidatos, em um dos cenários com cinco nomes, Fátima Bezerra aparece com 24,24%; seguida por Carlos Eduardo Alves, com 18,35%; Styvenson tem 16,24%; Fábio Faria fica com 6,06% e Benes Leocádio com 3,76%. Responderam nenhum, 18,76%; e não sabe, 12,59%.

Em um segundo cenário testado, Fátima tem 27,06%; Styvenson, 20,18%; e Álvaro Dias, 17,94%. Responderam nenhum, 21,71%; e não sabe dizer, 13,12%.

Quando a sondagem é feita com os nomes de Fátima Bezerra, Carlos Eduardo Alves e Styvenson Valentim, a governadora fica com 25,94%. Carlos Eduardo vem em seguida, com 22,82%. Styvenson está, neste cenário, com 19,12%. As respostas nenhum somaram 19,65% e não sabe dizer, 12,47%.

A pesquisa fez a sondagem de segundo turno. Neste caso, Carlos Eduardo Alves fica com 33,94% e Fátima Bezerra com 28,94%. No cenário com Styvenson, ele aparece com 30,65% e a governadora com 29,76%. Na simulação com Álvaro Dias, a governadora fica com 30,47% e o prefeito com 29,71%.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.