BUSCAR
BUSCAR
Tecnologia
Isolamento impulsiona vendas de videogames e lucro da Nintendo salta 400%
Sucesso de “Animal Crossing: New Horizons” também impulsionou a empresa. Ambientado em uma relaxante e utópica ilha virtual, o jogo permite aos usuários pescar, pegar insetos e brincar com os amigos na praia
CNN Brasil
09/08/2020 | 15:00

As vendas da Nintendo ainda estão em alta. A empresa japonesa divulgou outra rodada de enormes lucros na quinta-feira (6), provando que sua onda de alta trazida pela pandemia está longe de terminar.

A gigante dos games reportou lucro operacional de 145 bilhões de ienes (cerca de R$ 7,35 bilhões) no trimestre encerrado em junho, marcando um aumento de 428% em comparação com o mesmo período do ano anterior. O resultado foi muito superior ao esperado pelos analistas, que estimavam cerca de 62 bilhões de ienes de lucro, de acordo com dados fornecidos pela Refinitiv.

A Nintendo também dobrou as vendas em relação ao ano anterior, arrecadando cerca de 358 bilhões de ienes (cerca de R$ 18 bilhões).

Os resultados mostram que as pessoas ainda estão comprando o console do Nintendo Switch em massa, meses depois do início da pandemia. A Nintendo vendeu cerca de 5,7 milhões de dispositivos de abril a junho, marcando um aumento de 167% ano a ano.

O sucesso de “Animal Crossing: New Horizons” também impulsionou a empresa. Ambientado em uma relaxante e utópica ilha virtual, o jogo, que roda no Switch, permite aos usuários pescar, pegar insetos e brincar com os amigos na praia – e está em alta demanda desde que as pessoas em todo o mundo começaram a ficar em casa por causa da pandemia de coronavírus.

A Nintendo vendeu 10,6 milhões de cópias de “Animal Crossing” neste último trimestre.

“As vendas deste título continuam fortes, sem perda de impulso”, afirmou a empresa em comunicado. O relatório conta também que o jogo foi seu best-seller neste trimestre, “contribuindo muito para o crescimento geral das vendas de software” – foram 22,4 milhões de cópias vendidas de “Animal Crossing” no geral, o que fez dele o segundo jogo mais vendido da Nintendo de todos os tempos, atrás apenas de “Mario Kart 8 Deluxe”, título que acumulou 26,7 milhões de vendas.

Lançado em 2017, o console portátil Nintendo Switch esgotou em vários sites de venda online há alguns meses, quando os clientes tentavam encontrar novas formas de entretenimento doméstico.

A partir de abril, a empresa sediada em Kyoto sofreu com problemas de fornecimento do Switch, já que as fábricas estavam fechadas na China. A paralisação provocou algumas faltas de componentes e desacelerou a produção nas fábricas no Vietnã.

Agora, “a situação geral da produção está quase recuperada”, afirmou a empresa.

A Nintendo também aproveitou a oportunidade para provocar seu pipeline de jogos. Em outubro, a empresa japonesa deve lançar um novo título, “Pikmin 3 Deluxe”, além de oferecer um novo conteúdo para os jogadores de Pokémon. A empresa lançou outro novo jogo no Switch, “Paper Mario: The Origami King”, no mês passado.

“Vamos trabalhar para manter a plataforma ativa com novos títulos e reforçar as vendas de títulos populares que já foram lançados”, afirmou a Nintendo.

Brian Fung contribuiu para esta reportagem.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.