BUSCAR
BUSCAR
Política
Internado, Bolsonaro chama Renan Calheiros, Omar Aziz e Randolfe de “otários”
Aziz deu declarações falando que não acredita que tenha sido o próprio presidente Bolsonaro que escreveu a mensagem
IG
15/07/2021 | 20:31

Mesmo internado com uma obstrução intestinal em hospital particular de São Paulo, o Twitter do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) continua movimentado. Nesta quinta-feira (15) o perfil do presidente fez uma postagem chamando Omar Aziz (PSD), Randolfe Rodrigues (Rede) e Renan Calheiros (MDB-AL) de “otários”.

À CNN, Omar Aziz disse não acreditar que tenha sido Bolsonaro que fez as publicações, mas sim “um moleque frustrado que se esconde atrás de uma imagem para agradar o pai e uma pseudo-sociedade que não tolera tais comportamentos”, disse o senador e presidente da comissão, se referindo ao filho do presidente.

Bolsonaro também colocou em xeque a versão apresentada por Cristiano Carvalho, representante da Davati Medical Supply no Brasil, na CPI da Covid.

“Segundo Cristiano, a Davati nunca pagou despesas do Dominghetti nem a própria. Cristiano diz ainda que até sua passagem aérea para Brasília a pagou com milhas próprias (quanta ‘honestidade’). Um ‘negócio’ bilionário onde o Cristiano para ‘sobreviver’ usa do artifício de se beneficiar do Auxílio Emergencial (sacou e não devolveu R$ 4.100,00 em 2020)”, escreveu o perfil do presidente na rede social.

“O que frustra o G-7 é não encontrar um só indício de corrupção em meu governo. No caso atual, querem nos acusar de corrupção onde nada foi comprado, ou um só real foi pago”, disse. “No circo da CPI Renan, Omar e Saltitante [Randolfe] estão mais para três otários que três patetas”, finalizou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.