BUSCAR
BUSCAR
Crime
Ídolo do United e técnico de Gales, Giggs é detido por suspeita de agressão à namorada
Giggs foi interrogado em uma delegacia em Pendleton, subúrbio de Salford, cidade que fica na região metropolitana de Manchester. Horas depois, ele foi liberado. A federação galesa de futebol confirmou que já está ciente do ocorrido
Estadão
03/11/2020 | 08:13

Ryan Giggs, ídolo do Manchester United e técnico da seleção do País de Gales, foi detido na noite do domingo por suspeita de ter agredido a namorada, Kate Greville. O ex-atleta, que tem 46 anos, foi liberado sob fiança.

Em nota oficial, a polícia de Manchester contou o que aconteceu. “A polícia foi chamada às 10:05 da noite, devido a relatos de uma perturbação. Uma mulher na casa dos 30 anos apresentou algumas lesões superficiais mas não precisou de qualquer tratamento hospitalar e um homem de 46 anos foi detido”, diz o documento oficial.

Giggs foi interrogado em uma delegacia em Pendleton, subúrbio de Salford, cidade que fica na região metropolitana de Manchester. Horas depois, ele foi liberado.

A federação galesa de futebol confirmou que já está ciente do ocorrido, mas não afirmou se tomará alguma decisão quanto à continuidade de Giggs no cargo de técnico, caso as agressões sejam confirmadas. O treinador deveria revelar a lista de jogadores que enfrentarão Estados Unidos, Finlândia e Irlanda em amistosos neste mês de novembro nesta terça, mas o anúncio foi cancelado.

Giggs jogou pelo Manchester United entre 1990 e 2014, período em que foi duas vezes campeão da Liga dos Campeões e 13 vezes campeão inglês, entre diversos outros títulos. Desde 2018, é o técnico da seleção galesa, comandando jogadores como Gareth Bale e Aaron Ramsey.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.