BUSCAR
BUSCAR
Meio ambiente

Idema está fazendo relatório sobre “mancha marrom” encontrada em Ponta Negra

"Mancha marrom" chamou atenção de banhistas e trabalhadores que passavam pela região
William Medeiros
27/10/2023 | 15:44

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema-RN) informou, nesta sexta-feira 27, que enviou uma equipe até uma área em Ponta Negra, zona Sul de Natal, onde foi visualizada uma “mancha marrom” nas águas para fazer análise. De acordo com o órgão, relatórios estão sendo feitos para execução de atos administrativos.

A mancha surgiu no local desde a quinta-feira 26 e, segundo informações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), trata-se do acúmulo de sedimentos que vieram da obra de enrocamento da praia. Banhistas e trabalhadores da região se surpreenderam com o acontecimento.

Mancha marrom apareceu na Praia de Ponta Negra. Foto: Bruno Palovski.
Mancha marrom apareceu na Praia de Ponta Negra. Foto: Bruno Palovski.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) confirmou, em comunicado, que a concentração de sedimentos na área ocorre devido ao acúmulo de material sedimentar, como areia e argila tabatinga, e está relacionada com a construção da obra do enrocamento de Ponta Negra.

“A situação está relacionada ao trecho de obras do enrocamento, que teve sedimentos “lavados” e causou a turbidez da água. Esse processo é intensificado devido aos fortes ventos e marés mais intensas, nesta época do ano, sem causar danos ambientais. Naturalmente, haverá rápida sedimentação desse material em suspensão”, diz o comunicado.

NOTA DA SEMURB EMITIDA NESTA QUINTA-FEIRA 26

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), que esteve com equipe da fiscalização ambiental no local, na tarde de hoje (26), a “mancha” vista no mar de Ponta Negra se trata de material sedimentar, ou seja, areia e barro tabatinga.

A situação está relacionada ao trecho de obras do enrocamento, que teve sedimentos “lavados” e causou a turbidez da água.

Esse processo é intensificado devido aos fortes ventos e marés mais intensas, nesta época do ano, sem causar danos ambientais. E que naturalmente, haverá rápida sedimentação desse material em suspensão.

Vídeo: Cachorro é entregue morto a tutor após falha de companhia aérea
A GOL Linhas Aéreas admitiu que o desvio da rota do cachorro Joca para Fortaleza foi o resultado de uma falha operacional
23/04/2024 às 16:14
UFRN prevê retomada de obras da antiga Faculdade de Direito ainda este semestre
Reforma e restauração do prédio da antiga Faculdade de Direito foi paralisada para cumprimento de novos projetos solicitados pelo Iphan
23/04/2024 às 13:20
Força Nacional reforçará segurança do concurso unificado em 9 cidades
Com 2,1 milhões de inscritos, certame selecionará 6,6 mil servidores
22/04/2024 às 21:34
Pedidos de isenção da taxa do Enem podem ser feitos até sexta-feira
Solicitações devem ser feitas pela Página do Participante
22/04/2024 às 17:40
Justiça Federal do RN debate demandas sobre cotas para pardos em concursos públicos
Debate vem do aumento da demanda, na Justiça Federal do RN, sobre os questões envolvendo a designação de "pardos" em concursos públicos.
22/04/2024 às 14:44
Bairro Nordeste recebe serviço gratuito de mamografia oferecido pela SMS Natal
De 22 a 26 de abril, os serviços de mamografia estão sendo ofertados na Unidade de Saúde Bairro Nordeste
22/04/2024 às 10:01
IBGE: 1% mais rico ganha 39,2 vezes mais do que 40% mais pobres
Os dados a respeito da renda da população residente no Brasil constam na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua do IBGE
19/04/2024 às 21:57
Pesquisa de residente do Huol-UFRN conquista 3º lugar no prêmio nacional União Química
O estudo na área da Anestesiologia trouxe evidências sobre a utilização eficaz da metadona no controle da dor em cirurgia bariátrica
19/04/2024 às 15:56
DPU cria grupo de assistência a indígenas, negros e quilombolas em processos judiciais
Medida cumpre a missão da defensoria de prestar atendimento jurídico integral e gratuito às populações vulneráveis
19/04/2024 às 14:14
Cerca de 3,4 milhões de motoristas que não fizeram exame toxicológico começam a ser notificados
O alerta chegará pela Carteira Digital de Trânsito (CDT). O último prazo para realização do teste é dia 30 de abril
17/04/2024 às 17:53
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.