BUSCAR
BUSCAR
Prova de amor?
Homem pega moto aquática, atravessa o mar para ver namorada e acaba preso; saiba motivo
As leis locais para a quarentena preveem que pessoas não residentes da ilha precisam de autorização especial para desembarcar, que ele não possuía
CNN
15/12/2020 | 15:53

O escocês Dale MacLaughlan, 28 anos, foi preso em Douglas, na Ilha de Man, localizada entre a Irlanda e a Escócia, no Reino Unido, após ter comprado um jet-ski e atravessado 40 quilômetros do Mar da Irlanda, entre Isle of Whithorn, na costa escocesa, e Ramsey, na Ilha de Man, quebrando as regras de quarentena locais para a Covid-19, segundo reportagem da BBC. As leis locais para a quarentena preveem que pessoas não residentes da ilha precisam de autorização especial para desembarcar, que ele não possuía.

MacLaughlan havia recebido permissão para trabalhar na ilha em setembro como carpinteiro, e conheceu a atual namorada em uma saída noturna, após cumprir 14 dias de isolamento. Mas após terminar o serviço, teve que voltar para casa, e seus pedidos para renovar a autorização de permanência na ilha foram rejeitados. Então ele comprou a embarcação e preparou a travessia clandestina, realizada na última sexta-feira 11. O escocês nunca havia pilotado um jet-ski, e calculou que o tempo de viagem seria de 40 minutos, mas levou quatro horas e meia.

Após chegar em Ramsey, ainda andou 25 quilômetros até a casa da namorada, na cidade de Douglas, no outro lado da ilha. Segundo os promotores que o indiciaram, na tarde seguinte ele foi abordado por um policial e deu o endereço da namorada como se fosse dele. O casal foi a duas casas noturnas lotadas na noite de sábado. Ele contou à namorada que havia passado as últimas semanas trabalhando na ilha.

Após verificar sua identidade e local de residência, a polícia de Man prendeu MacLaughlan no domingo. A defesa alegou que ele estaria sofrendo de depressão por não poder ver a namorada. Mas a sentença determinou que o homem fez “uma tentativa deliberada e intencional de burlar” as restrições à entrada na ilha, colocando a comunidade e a si mesmo em risco, e o condenou a quatro semanas de detenção.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.