BUSCAR
BUSCAR
Mundo animal
Homem pede dinheiro em semáforo em troca de carinho em gato: “formando um puta trânsito”
Dono do felino viralizou nas redes sociais neste fim de semana
Redação | Com informações do Canal do Pet
19/05/2021 | 17:19

O roteirista e podcaster Leandro Santos, conhecido nas redes sociais como Mussum Alive publicou em suas redes uma história bastante curiosa envolvendo um gatinho e seu dono, uma pessoa em situação de rua. Ao parar o carro em um farol, ele se deparou com um homem que pedia dinheiro em troca de deixar que os motoristas fizessem carinho em seu gato. O caso aconteceu no último domingo, 16.

Ele inclusive usou as redes sociais para compartilhar o momento. “O mano tá no farol pedindo dinheiro em troca de deixar fazer carinho no gato”, e se mostrou bem satisfeito com a ideia: “Ja deixei 10 conto e tá formando um puta trânsito”.

Ao portal Canal do Pet, Leandro contou ter tomado um susto com toda a repercussão que tomou, mas não resistiu ao ver o felino. “Quando ele veio, me derreti, porque amo gatos. Dei todo o dinheiro que tinha no carro para ele e fiz carinho até o farol abrir”, disse.

Segundo o influencer, ele não teve tempo suficiente para conversar com o homem que carregava o felino, até passou novamente no local, mais tarde, o homem já não estava mais por lá, nem o gato!

A situação inusitada viralizou e chamou a atenção de vários tutores de gatos, que enxergaram na ideia uma nova forma de empreendedorismo felino!

Em alguns países, como o Japão, existem restaurantes e lanchonetes específicos em que os clientes podem acariciar os bichanos a vontade. E uma clínica chamada Just Cats, localizada em Dublin, já ofereceu até empregos para quem desejasse passar o dia abraçando seus pacientes felinos.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.