BUSCAR
BUSCAR
Henrique ‘toma’ PMDB de Hermano Morais e entrega a um Alves

19/05/2015 | 19:47

Acabou o suspense: O comando do PMDB em Natal, que era presidido até duas semanas atrás pelo deputado Hermano Morais, agora ficará nas mãos do vereador Felipe Alves (PMDB), sobrinho do primo de Henrique, Garibaldi Alves Filho. A informação foi confirmada pelo próprio Felipe na noite de hoje (19) ao Visor Político.

Visivelmente incomodado com a indicação, por Henrique, de Fred Queiroz para a secretaria municipal do Turismo de Carlos Eduardo, Hermano deixou o comando municipal do PMDB para se mostrar coerente com sua posição de que o partido deve disputar a Prefeitura do Natal em 2016. A ideia de candidatura própria, no entanto, não é uma boa ideia para Henrique, uma vez que seu primo Carlos Eduardo o apoiou no pleito para o Governo do Estado em 2014.

Após a saída de Hermano, o partido ficou provisoriamente nas mãos do vereador Bertone Marinho, até uma definição de Henrique sobre quem colocar como substituto. Na verdade, a estratégia do ministro do Turismo era só ganhar tempo e indicar quem não lhe trouxesse problemas futuros nas eleições municipais, como Hermano traria caso permanecesse insistindo na ideia de candidatura própria do PMDB.

“Os vereadores Bertone Marinho e Ubaldo Fernandes me pediram que assumisse e eu aceitei, então esse vai ser o caminho realmente; está confirmado”, disse Felipe.

Ao que se percebe, a estratégia de Henrique deu certo e o caminho do partido, pelo menos no diretório municipal, está livre para o ministro ficar à vontade para escolher se aliar a Carlos Eduardo sem maiores contratempos nas eleições municipais do próximo ano.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.