BUSCAR
BUSCAR
Mercosul

Haddad defende Mercosul integrado para negociar com União Europeia

Ministro evita comentar resultado do primeiro turno na Argentina
Agência Brasil
23/10/2023 | 11:58

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta segunda-feira 23 que quanto mais integrado o Mercosul estiver, melhores condições terá para negociar com a União Europeia. A declaração foi feita na chegada ao ministério, após ser perguntado sobre como recebeu o resultado do primeiro turno das eleições na Argentina.ebcebc

Com mais de 90% das urnas contabilizadas, o candidato Sergio Massa obteve 36,2% dos votos e disputará a presidência com Javier Milei, candidato da extrema direita que liderava as pesquisas de intenção de voto, mas obteve 30,19% dos votos.

Ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Foto: José Cruz/Agência Brasil
Ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Após dizer que preferia evitar comentar o resultado de eleição, uma vez que a Argentina passará, ainda, por um segundo turno, Haddad disse que está acompanhando o pleito, pela relevância que terá para o Mercosul – bloco de integração regional que reúne como membros Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, além da Venezuela, que está suspensa.

Integração

“Estamos acompanhando [as eleições presidenciais argentinas] com interesse por causa do Mercosul, que é muito importante”, disse Haddad ao lembrar que a Câmara dos Deputados já aprovou a entrada da Bolívia no Mercosul, e que a questão agora tramita no Senado.

O Mercosul tem recebido críticas de Javier Milei, o que levou Haddad, em algumas oportunidades, a manifestar preocupação com o futuro do bloco.

“Para o Brasil, é importante consolidar uma integração na região. Por isso estou acompanhando com interesse, porque eu sou integracionista. Eu gosto de pensar em uma América do Sul mais integrada, negociando com a União Europeia de forma mais forte. Quanto mais integrados estivermos, melhor para sentarmos à mesa e fazer um bom acordo para a região voltar a se desenvolver. São muitos anos sem desenvolvimento”, acrescentou o ministro.

Candidatos

Sergio Massa, do partido peronista União pela Pátria, é o atual ministro da Economia da Argentina. Político experiente, o advogado conquistou as primárias de seu partido após três tentativas. Massa também já foi presidente da Câmara dos Deputados.

Javier Milei é da coalizão conservadora La Libertad Avanza, e se apresenta como “anarcocapitalista” e como representante de um liberalismo extremo. Ele tem defendido propostas bastante polêmicas. Entre elas, o fim do Banco Central argentino e a descontinuidade do Mercosul.

Elon Musk deve depor por videoconferência à Câmara sobre Moraes
Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou convite para que Elon Musk deponha ao parlamento brasileiro
23/04/2024 às 18:29
STJ elege ministro Herman Benjamin para comandar o tribunal
Ministro Luís Felipe Salomão será o vice-presidente
23/04/2024 às 17:38
Deputado Tomba Farias critica presidente da Câmara de Afonso Bezerra
Vereadora Any Karine da Silva teria proibido a realização de uma Audiência Pública sobre a situação dos transportes escolares de Afonso Bezerra
23/04/2024 às 14:46
Câmara de Parnamirim lança o primeiro videocast jurídico do legislativo potiguar 
Debater a atuação do legislativo de forma descomplicada é o objetivo do primeiro videocast jurídico da Câmara de Parnamirim
23/04/2024 às 14:14
Lula aposta que economia em 2024 crescerá mais do que o previsto
Para presidente, investimentos não podem ser vistos como gasto
23/04/2024 às 12:31
Klaus Araújo defende estender gratificação a todos que atuam em urgências e emergências
Depois de visitar oito unidades de saúde, o vereador se prepara para apresentar a proposta ao Executivo, para a valorização de cerca de 600 profissionais que não recebem atualmente o benefício
23/04/2024 às 07:37
Quase 40 mil potiguares precisam regularizar título eleitoral até dia 8
Prazo é o mesmo para eleitores em situação irregular ou que desejem mudar domicílio, corrigir ou atualizar dados
23/04/2024 às 07:32
Gilmar Mendes determina conciliação em ações sobre marco temporal
Ações que tratam da questão ficam suspensas até decisão final da Corte
22/04/2024 às 21:50
Carmén Lúcia mantém condenação de Dallagnol por PowerPoint sobre Lula
Valor de indenização é de R$ 75 mil, com correção monetária. Carmén Lúcia manteve condenação do STJ
22/04/2024 às 20:13
Caiado diz que “política única” de segurança pública no Brasil é “bobagem”
Fala foi feita após Lewandowski e Sarrubbo defenderem um sistema único em seminário da Esfera Brasil
22/04/2024 às 20:01
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.