BUSCAR
BUSCAR
Alex Viana
Greve com pouca adesão não é, necessariamente, vitória de Temer
Confira os destaques da coluna Alex Viana, publicada na edição desta segunda-feira, dia 3 de julho de 2017, do Agora Jornal
Tiago Rebolo*
04/07/2017 | 05:05

A série de atos convocados para a última sexta-feira, 30, não teve a adesão esperada pelas centrais sindicais. O protesto desta vez, contra as reformas da Previdência e da legislação trabalhista, foi bem menor que o registrado no último 28 de abril, quando dezenas de milhares de pessoas lotaram a Av. Hermes da Fonseca, em Natal. Engana-se, contudo, quem avalia que a baixa adesão representa uma vitória na opinião pública do presidente Michel Temer (PMDB). A aparência que dá é que parte significativa da população se desvencilhou dos protestos não porque apoia as reformas, mas porque viu na manifestação um suposto fortalecimento dos movimentos de esquerda, sobretudo o Partido dos Trabalhadores, que ensaia uma volta à Presidência com Lula em 2018. As reformas são, sim, rejeitadas por expressiva parcela da população, mas o repúdio à classe política parece ser ainda maior.

>> Maquiagem borrada. Bastou chover mais intensamente na última sexta-feira, 30, para os mesmos problemas de sempre voltarem à tona na capital potiguar. Alagamentos, buracos, galerias entupidas e trechos intransitáveis

>> Escapou? Até poucos dias atrás ameaçado de prisão, Aécio Neves (PSDB) poderá retornar às atividades após o ministro do STF Marco Aurélio Mello derrubar o afastamento do tucano do cargo de senador. O membro da Suprema Corte também rechaçou a possibilidade de detenção do mineiro.

>> Iniciativa. O vereador Paulo Miranda (PHS) apresentou um projeto de lei complementar que cria o Plano de Incentivo Empresarial em Parnamirim, uma série de estímulos e isenções para atrair empresas para o município. O projeto foi encaminhado à Comissão de Constituição, Legislação e Redação Final e, em breve, deve ser apreciado no plenário da Casa. A cidade registrou, nos últimos anos, perda significativa de empregos, sobretudo com a desativação do Aeroporto Augusto Severo.

>> Operação Manus. O ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), preso desde o dia 6 de junho, foi visto deixando a Academia de Polícia Militar em uma viatura da Polícia Federal. O transporte levantou questionamentos. Não foi confirmado o destino do peemedebista.

>> Casa nova. O ex-vereador natalense Bertone Marinho pode trocar o PMDB pelo PV em breve. O presidente estadual dos verdes, Rivaldo Fernandes, teria oferecido inclusive o comando da sigla como contrapartida. Bertone é filho da prefeita de Canguaretama, Fátima Marinho.

>> Possibilidade. O presidente da Câmara Municipal de Caicó, Odair Diniz, vice-presidente da Federação das Câmaras Municipais (Fecam), a qual é presidida pelo natalense Raniere Barbosa (PDT), admitiu que pode concorrer ao cargo de deputado federal nas eleições de 2018.

>> Protesto. Servidores estaduais participaram na sexta-feira, 30, da greve geral convocada por centrais sindicais. Na oportunidade, em protesto contra os atrasos salariais, os funcionários públicos levantaram um boneco do governador Robinson Faria. O brinquedo ganhou o apelido de “Bonitinho”, em alusão ao codinome de Robinson nas planilhas da Odebrecht, segundo delatores.

*Interino: Tiago Rebolo*

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.