BUSCAR
BUSCAR
Opinião

Gravidade da perspectiva do poder ajuda Carlos Eduardo; leia opinião de Daniel Menezes

Poder de atração da perspectiva de vitória permite que ele abra diálogo com outros partidos e saia do seu anterior isolamento
Daniel Menezes
09/11/2023 | 05:00

Os últimos movimentos da política de Natal fortaleceram Carlos Eduardo. E isto não acontece apenas pelo fato de o ex-prefeito liderar as pesquisas de intenção de voto. A questão é relacional e cabe pensar cada uma das peças do tabuleiro.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, caiu em sua avaliação positiva no segundo mandato. Quem o compra como aquele que se elegeu em primeiro turno na eleição anterior compara banana com maçã. A aprovação em patamar de 40% é insuficiente para fazer sucessor com força única e, portanto, sem depender de mais ninguém.

Ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PSD) - Foto: Reprodução
Ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PSD) - Foto: Reprodução

Ele ainda é um eleitor importante na capital e sua recente aproximação de Lula, com muitas críticas ao líder do bolsonarismo no RN Rogério Marinho, em face de necessitar de recursos para finalizar o seu mandato com obras realizadas, retira-lhe a possibilidade de liderar um bloco de oposição ao PT em 2026. Desta maneira, a aproximação com Carlos Eduardo, que está no PSD da base do atual presidente, fica mais tangível.

A candidatura do deputado Paulinho Freire não avança. Ele tem o apoio dos vereadores de Natal. Só que não é suficiente para se tornar prefeito. O problema de Freire é de posicionamento. Não dele em especial. Ele é um político qualificado. Só que está sendo imprensado por um público que é do PT, outro que olha para o retorno a uma normalidade do tempo de Carlos Eduardo e um restante que ainda não tomou posição, mas não foi para ele. Ele não tem chão em 2024 em Natal.

Rafael Motta, ex-deputado federal, também apresenta dificuldades para crescer e há, assim como Freire, problema de posicionamento, além da falta da musculatura política de um grupo que lhe dê suporte. Daí a dependência de ser adotado por alguém como candidato. Se Álvaro Dias não o carregar debaixo do braço, seu desejo de ser candidato vira conto de fadas.

E uma postulação bolsonarista? Um grupo se formou a partir do senador Rogério Marinho, líder da extrema direita no RN. Ora, não há espaço em Natal para tanto. Caso aconteça, pode passar dos dois dígitos, mas não há plataforma para levar o pleito.

Resta o Partido dos Trabalhadores. Até agora o PT em Natal não apresenta sinais de que irá ultrapassar seu público histórico na capital. A deputada federal Natália Bonavides mantém uma postulação morna, com baixa movimentação e sem a disposição de correr o risco de dialogar com outras forças locais.

A “lei da gravidade” da política vai por enquanto pendendo para Carlos Eduardo. O poder de atração da perspectiva de vitória permite que ele abra diálogo com outros partidos e saia do seu anterior isolamento.

O que é preciso se desenrolar até o pleito de 2024? Tirando o acaso incontrolável, cabe aguardar o modo como estará os governos do RN e federal durante o período de campanha. Mas sempre lembrando – a eleição municipal, com o perdão da redundância, é fenômeno local. E ainda há um ano até a disputa de fato acontecer. Vale, em suma, aguardar e conferir.

*Daniel Menezes é cientista político, professor da UFRN

Moraes arquiva inquérito sobre campanha contra PL das Fake News
Ministro do STF seguiu parecer da Procuradoria-Geral da República
20/06/2024 às 21:56
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 86 milhões
Veja as dezenas sorteadas: 19 - 25 - 37 - 45 - 47 – 53.
20/06/2024 às 21:41
Parnamirim recebe 496 apartamentos do programa Minha Casa, Minha Vida
Foram construídos 5.488 apartamentos pelo programa federal de habitação no município desde 2009
20/06/2024 às 21:33
Barroso e Mendonça trocam farpas em julgamento sobre drogas no STF; assista
Ministros discutiram após Barroso falar sobre preocupação do presidente da CNBB com julgamento da descriminalização do porte de drogas
20/06/2024 às 21:24
Vasco demite treinador Álvaro Pacheco após 4 jogos
Clube Cruzmaltino chega a decisão após três derrotas e um empate com o treinador português no comando
20/06/2024 às 20:36
Deputado do RS solicita ao MJ proteção para Policial Penal do RN Vilma Batista
Segundo o parlamentar, Vilma tem sido alvo de ameaças por parte de uma organização criminosa no estado
20/06/2024 às 20:03
Apostas movimentam 1% do PIB e comprometem até 20% do orçamento livre dos mais pobres, diz estudo
XP mostra que setor movimenta R$ 100 bilhões no Brasil e, proporcionalmente, é maior que nos EUA, onde apostas somam 0,4% do PIB
20/06/2024 às 19:30
Espanha domina Itália e se classifica às oitavas de final da Eurocopa
La Roja mantém 100% de aproveitamento graças a gol contra italiano
20/06/2024 às 18:51
Dólar vai a R$ 5,46 e renova máxima desde julho de 2022 após críticas de Lula ao BC
Banco Central encerrou um ciclo de sete cortes consecutivos na taxa Selic
20/06/2024 às 18:36
Brasil bate Tailândia e vai às semifinais da Liga das Nações de Vôlei
Invicta no torneio, seleção feminina encara Japão no sábado, às 10h30
20/06/2024 às 18:07
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.