BUSCAR
BUSCAR
F1
GP da Espanha: Hamilton conquista 100ª pole position na Fórmula 1
Heptacampeão supera Max Verstappen no final do Q3 por apenas 0s036 e chega a número centenário, 14 anos após primeira pole na F1
GE
08/05/2021 | 15:12

O cenário parecia todo à feição de Max Verstappen. Mas a autoridade de Lewis Hamilton se fez provar mais uma vez na manhã deste sábado, no treino classificatório do GP da Espanha, em Barcelona. Embora não fosse exatamente o favorito à primeira posição no grid, o inglês cravou o melhor tempo no Q3 para obter a pole position de número 100 de sua carreira, já tão recheada de grandes feitos.

O heptacampeão torna-se, assim, o primeiro na história da categoria, fundada em 1950, a chegar à marca centenárias de largadas no primeiro posto. Verstappen sairá na segunda posição e Valtteri Bottas, em terceiro.

A primeira vez que Hamilton conseguiu uma pole foi em 2007, ano de sua estreia na F1, no Canadá. À época, ainda era apenas um promissor talento da McLaren. Após sua transferência para a Mercedes, em 2013, suas façanhas e pole position só se fizeram multiplicar.

Os três primeiros
Lewis Hamilton: “Mal posso acreditar que chegamos a 100ª. É com a ajuda dos homens e mulheres da fábrica, pois tem sido um sonho trabalhar com esse pessoal. Quem imaginaria, no fim de 2012 (quando Lewis assinou com a Mercedes) que chegaríamos a 100? Estou em êxtase, parece a minha primeira”

Os três primeiros
Lewis Hamilton: “Mal posso acreditar que chegamos a 100ª. É com a ajuda dos homens e mulheres da fábrica, pois tem sido um sonho trabalhar com esse pessoal. Quem imaginaria, no fim de 2012 (quando Lewis assinou com a Mercedes) que chegaríamos a 100? Estou em êxtase, parece a minha primeira”

Max Verstappen: “O segundo lugar aqui é bom para nós (por causa do vácuo na longa reta). Eu posso me contentar com isso. Torço por uma boa corrida (no domingo)”

Valtteri Bottas: “Essa foi por pouco. Definitivamente, (estava) na briga pela pole. Acho que vai ser apertado assim entre nós e a RBR na corrida”

Q1 – Atraso, calor e Lando na frente

A primeira parte do treinar classificatório começou com um atraso de dez minutos depois de um acidente na pista – detritos foram removidos na curva 9 devido a uma ocorrência em outra categoria. Outro desafio para os pilotos foi o calor: pouco antes do início da sessão, os termômetros chegaram a registrar 44ºC. Quando os carros saíram dos boxes, a disputa também foi quente. Valtteri Bottas fez o melhor tempo nos primeiros oito minutos (1min18s005), 0s085 à frente de Max Verstappen.

Ambos dominaram a ponta naquele momento, enquanto houve um rodízio na terceira posição: Hamilton, Carlos Sainz e Pierre Gasly – que precisou trocar o bico durante o Q1 – ficaram se revezando. Na última tentativa, Charles Leclerc andou muito com sua Ferrari e passou para segundo. Mais brilhante ainda foi Lando Norris, que cravou 1min17s21 para ser o mais rápido da parcial.

Na rabeira do pelotão, Yuki Tsunoda, Kimi Raikkonen, Mick Schumacher, Nicholas Latifi e Nikita Mazepin ficaram pelo caminho e não avançaram ao Q2.

Eliminados
16º Yuki Tsunoda (Alphatauri)
17º Kimi Raikkonen (Alfa Romeo)
18º Mick Schumacher (Haas)
19º Nicholas Latifi (Williams)
20º Nikita Mazepin (Haas)

Q2 – Verstappen dá as cartas

Na segunda parcial, a coisa ficou séria. Hamilton fez o tempo mais rápido do final de semana (1min17s632), mas em seguida foi superado por Bottas (1min17s400). Verstappen não quis brincar e cravou 1min16s922 para baixar quase meio segundo das Mercedes.

O holandês nem precisou se arriscar muito para manter a dianteira, enquanto no lado oposto da disputa Gasly e as duas Aston Martin amargaram eliminações.

Eliminados
11º Lance Stroll (Aston Martin)
12º Pierre Gasly (Alphatauri)
13º Sebastian Vettel (Aston Martin)
14º Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo)
15º George Russell (Williams)

Q3 – A magia de Hamilton

Sergio Perez deu uma rodada importante enquanto os outros carros disparavam para suas voltas rápidas. Se Verstappen voou no Q2, Hamilton resolveu mostrar o jogo na hora decisiva. O inglês cravou 1min16s741 para assumir a dianteira, enquanto holandês ficou 0s036 atrás – Bottas foi 0s132 mais lento que o companheiro de equipe. Esteban Ocon surpreendeu e apareceu em quarto depois das primeiras tentativas.

Logo depois da primeira rodada de ida à pista, os carros voltaram aos boxes para trocar pneus e checar telemetrias. Na volta, ninguém conseguiu melhorar tempo e Hamilton registrou sua 100ª pole position na principal categoria do automobilismo mundial.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.