BUSCAR
BUSCAR
Popular
Governo valoriza cultura e entrega Registros do Patrimônio Vivo
Reconhecimento como RPV é previsto em Lei de autoria do então deputado estadual Fernando Mineiro, aprovada pela Assembleia Legislativa em 2007
Redação
29/12/2021 | 08:35

Governo do Estado, através da Fundação José Augusto, entregou, nesta terça-feira 28, diploma do Registro do Patrimônio Vivo (RPV) a dois mestres da Cultura Popular Tradicional e a três grupos folclóricos potiguares. Receberam o certificado o poeta cordelista Antônio Francisco Teixeira de Melo (Antônio Francisco) e a mestra de Boi-de-Reis Dona Iza, e os grupos folclóricos Araruna – do bairro das Rocas em Natal, Boi Pintadinho – de São Gonçalo do Amarante e a Associação das Rendeiras de Bilros – de Ponta Negra.

O reconhecimento como RPV é previsto em Lei de autoria do então deputado estadual Fernando Mineiro, aprovada pela Assembleia Legislativa em 2007. A Lei do RPV, como ficou conhecida, concede bolsas de incentivo financeiro por parte do Governo do Estado do Rio Grande do Norte. As bolsas são nos valores de R$ 1.620,00 (mestres individuais) e R$ 3.242,00 (grupos).

A escolha dos mestres e grupos folclóricos é feita em processo de seleção pública, levando em consideração as justificativas, os currículos dos candidatos, o mérito e a qualidade dos trabalhos executados, comprovando capacidade profissional ou institucional, em favor da cultura popular e tradicional norte-rio-riograndense. O RPV é destinado a pessoas naturais ou jurídicas.

No ato de entrega a governadora Fátima Bezerra disse que “o que fazemos hoje é direito de cidadania cultural, não é favor. Estamos preservando a cultura, o Estado é que tem que agradecer a vocês que representam a resistência, a perseverança pela cultura do RN”.

A governadora acrescentou que o RPV é também “homenagem às gerações presentes, olhando para as passadas e estimulando as que virão. É contribuição e gratidão do Estado por tudo que vocês representam, os saberes e fazeres. As nossas belas tradições não podem morrer, precisam ser transmitidas geração a geração”.

Ex-deputado estadual e hoje secretário de Estado de Gestão de Projetos, Metas de Governo e Relação Institucionais, Fernando Mineiro registrou que “hoje é dia importante, especialmente para mim, que apresentei o projeto de Lei que criou o RPV, 14 anos atrás. Ainda hoje poucos Estados têm lei semelhante. O RN foi o segundo, o primeiro foi Pernambuco em reconhecimento à Ariano Suassuna. Me honra muito ter sido o autor. Como disse a Governadora, não é favor, é reconhecimento pela dedicação à preservação da cultura norte-riograndense e brasileira”.

O presidente da Fundação José Augusto (FJA), Crispiniano Neto, reforçou que o objetivo do RPV é “valorizar as manifestações culturais, não deixar se perder no tempo e repassar a tradição histórica aos mais jovens. É um ato de justiça. Mestres e mestras são a autoridade do saber do povo. Cumprimos uma Lei que vira política pública”.

Presidente da Comissão Nacional do Folclore, professor Severino Vicente disse: “temos uma governadora que é uma mulher guerreira e cuida da cultura do RN. Destaco a importância da Lei do deputado Fernando Mineiro para a salvaguarda da cultura popular em nosso Estado e no Brasil, também a dedicação da Fundação José Augusto no apoio às nossas tradições”.

Defensor da cultura popular e apoiador do grupo folclórico Araruna, o deputado Ubaldo Fernandes citou a proposição da Lei do RPV como atendimento aos pleitos do setor cultural e que passou a ser estímulo à continuidade dos trabalhos de resgate cultural. “Parabenizo Fernando Mineiro e o governo da professora Fátima Bezerra que mais uma vez mostra seu compromisso com o nosso povo, agora com a cultura popular”, declarou.

O processo de escolha dos indicados para RPV tem comissão julgadora integrada pelo presidente do Conselho Estadual de Cultura Iaperi Araújo, a professora Josileide Oliveira, representante da Secretaria de Educação, o folclorista Gutemberg Costa e o presidente da Comissão Nacional do Folclore Severino Vicente, além do Diretor-Geral da FJA Crispiniano Neto e do coordenador do Edital Max Medeiros.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.