BUSCAR
BUSCAR
Governo retoma obras de acessos ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante

14/05/2015 | 12:23

O Governo do Estado anunciou nesta quinta-feira (14) que retomou as obras do acesso norte do Aeroporto Internacional Aluísio Alves, de São Gonçalo do Amarante. As obras de infraestrutura são um importante passo do Rio Grande do Norte para concorrer com os estados do Ceará e Pernambuco pelo hub da Latam que deve ser instalado no Nordeste. O serviço estava parado desde o ano passado, devido a problemas com as desapropriações na região, que ainda estão sob análise.

Segundo o diretor do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), general Jorge Ernesto Pinto Fraxe, a obra compreende a saída do Aeroporto até a BR-406, onde será instalado um viaduto. “Já começamos a montagem de 24 vigas para terminar o viaduto”, informou. A expectativa é que essa etapa seja concluída 60 dias. Segundo detalhou o general ao Visor Político, o trabalho foi reiniciado desde o último sábado (9).

A via de 12 quilômetros que vai se interligar à BR-406 na altura do viaduto já se encontra metade concluída. As obras que compõem a Via Metropolitana, dos dois acessos, estão orçadas em R$ 80 milhões, recursos do Governo do RN junto à Caixa Econômica Federal e devem ser encerradas, de acordo com Fraxe, no final do próximo ano.

“As obras do acesso norte, que consistem na duplicação da 406 a partir desse viaduto até chegar à BR-101, em Touros, têm previsão de entrega no final deste ano, e o acesso sul no final de 2016″, explicou o general Fraxe, que já foi diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), onde permaneceu até setembro do ano passado.

* Com informações da Assecom do Governo do RN

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.