BUSCAR
BUSCAR
Economia

Governo convoca coletiva para explicar projeto que mantém ICMS a 20%

Governo do Estado enviou para a ALRN nesta quarta-feira 18 o projeto de lei que mantém a alíquota modal do ICMS em 20%
Redação
19/10/2023 | 11:38

Os secretários de Estado Raimundo Alves (Casa Civil) e Carlos Eduardo Xavier (SEFAZ) farão uma coletiva na tarde desta quinta-feira 19 para tratar do Projeto de Lei encaminhado pelo Governo à Assembleia Legislativa, que versa sobre a alíquota de ICMS.

Governo Fátima envia à Assembleia projeto que mantém ICMS em 20%

O Governo do Estado enviou para a Assembleia Legislativa (ALRN) nesta quarta-feira 18 o projeto de lei que mantém a alíquota modal do ICMS em 20% no Rio Grande do Norte por tempo indeterminado.

icms
Raimundo Alves e Carlos Eduardo Xavier - Foto: José Aldenir/Agora RN

Pela lei atual, aprovada no final do ano passado e que entrou em vigor em 1º de abril deste ano, o aumento do imposto, de 18% para 20%, só é válido até 31 de dezembro de 2023. Sendo assim, caso não seja aprovado um novo projeto que verse sobre o reajuste, a alíquota retorna para 18% em 2024.

Ao contrário do projeto aprovado no final de 2022, que previa uma alíquota temporária até o final deste ano, a matéria enviada ontem pelo governo prevê que os 20% de alíquota modal do ICMS seja estabelecido de modo permanente.

Na mensagem enviada aos deputados estaduais pela governadora, Fátima Bezerra (PT) argumenta que a manutenção do ICMS em 20% é necessária para que o Estado não tenha “perdas significativas na arrecadação” a partir de 2029, quando devem começar a incidir os efeitos da reforma tributária que está sendo discutida no Congresso Nacional.

Segundo a chefe do Executivo, a reforma tributária estabelece como “parâmetro para o rateio da arrecadação do novo imposto sobre o consumo a receita média de cada ente federativo no período de 2024 a 2028”.

Mais de 93 mil famílias do Oeste potiguar ainda não estão inscritas na Tarifa Social
Número é relativo ao quantitativo de famílias de 62 municípios que têm direito ao benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica
23/04/2024 às 15:34
‘Acredita’ pode beneficiar mais de 277 mil pequenas empresas do RN
Um dos objetivos da iniciativa do Governo Federal é criar condições para ampliar o acesso ao crédito, renegociar dívidas e garantir mais apoio a esses três setores
23/04/2024 às 15:22
Pagamento da segunda parcela do Pé-de-Meia começa nesta quinta
Pagamentos da segunda parcela do Pé-de-Meia referem-se à frequência escolar do mês de fevereiro
23/04/2024 às 15:10
Receita Federal abre consulta a novo lote residual do Imposto de Renda
O crédito bancário será feito no dia 30 de abril
23/04/2024 às 12:27
Governo libera crédito para quem recebe Bolsa Família
Iniciativa é voltada para MEIs (microempreendedores individuais), microempresas e empresas de pequeno porte
23/04/2024 às 08:24
Edital de aceleração de negócios de impacto socioambiental terá prêmios de até R$ 10 mil no RN
Idealizado para catalisar iniciativas comprometidas com soluções de impacto socioambientais no Estado, o edital Impacta RN 2024 recebe inscrições até 19 de maio
23/04/2024 às 07:54
CAIXA inicia pagamento do Pé-de-Meia nesta quinta-feira 25; veja calendário
Valores serão creditados em conta Poupança Social Digital, movimentada pelo aplicativo CAIXA Tem
22/04/2024 às 16:47
Veja como economizar energia mesmo com sensação térmica mais alta
Para se refrescar sem a conta de luz pesar no bolso, a Neoenergia Cosern montou um guia com dicas de economia de energia.
22/04/2024 às 16:03
INSS começa a pagar 1ª parcela do 13º salário a aposentados e pensionistas
Antecipação do abono anual beneficia 33,6 milhões de brasileiros e injeta R$ 33,68 bilhões na economia nacional; confira o calendário e quem tem direito ao benefício
22/04/2024 às 13:53
Barragem de Umari está a 24 cm de sangrar, diz Igarn
A Barragem de Umari, situada em Upanema, está agora a 97,53% de sua capacidade, aproximando-se do ponto de sangria.
22/04/2024 às 13:13
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.