BUSCAR
BUSCAR
Solicitação
Rogério Marinho cobra R$ 19 milhões de recursos que não foram usados na Barragem de Oiticica
Ministério do Desenvolvimento Regional cobra R$ 19 milhões de recursos que deveriam ser utilizados para a construção da Barragem de Oiticica, em Jucurutu, que foram bloqueados para o pagamento de dívidas públicas do Governo do Rio Grande do Norte
Redação
20/08/2020 | 18:08

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, cobra R$ 19 milhões de recursos que deveriam ser utilizados para a construção da Barragem de Oiticica, em Jucurutu, mas foram bloqueados para o pagamento de dívidas públicas do Governo do Rio Grande do Norte.

Segundo o ministro, o montante bloqueado pode resultara em eventuais atrasos no cronograma da obra hídrica.  “Isso não é animosidade ou beligerância. É só uma cobrança para que possamos cumprir o cronograma para o próximo ano”, afirmou o ministro, em entrevista à rádio 98 FM, de Natal.

Desde o início do governo Bolsonaro, detalhou Rogério Marinho, a obra de Oiticica já recebeu cerca de R$ 170 milhões para a conclusão da obra. O orçamento do empreendimento está previsto em 600 milhões.  

De acordo com Marinho, o Governo do Rio Grande do Norte sofreu bloqueio judicial de R$ 19 milhões de recursos federais que foram repassados para a obra da barragem de Oiticica. “O governo do Estado, por algum motivo, deixou que os recursos depositados fossem segregados, capturados, para o pagamento de dívidas que o Estado não havia honrado. Pedimos ao governo estadual que repusesse os recursos. O Estado alegou que entrou com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) para evitar novos bloqueios”, detalhou.

O ministro afirmou que a questão dos bloqueios judiciais está sanada, mas os R$ milhões bloqueados ainda não foram repostos pelo governo estadual. Ele ressalta que o dinheiro é necessário para a manutenção dos serviços. Caso a obra não sofra com atrasos, a barragem hídrica será inaugurada até o início do segundo semestre de 2021.

A previsão é importante, segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, em razão das obras da transposição do Rio São Francisco. A previsão é de que as águas do “Velho Chico” cheguem ao Rio Grande do Norte entre junho e julho de 2021.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.