BUSCAR
BUSCAR
Obra
Governadora assina ordem de serviço para reforma da escola ‘Machadão’
Atual gestão conseguiu destravar as dificuldades para execução da reforma da E. E. José Fernandes Machado, tida como modelo no bairro de Ponta Negra
Redação
21/12/2020 | 17:34

Após mais de dois anos de espera pela comunidade escolar, a tão aguardada reforma da Escola Estadual José Fernandes Machado, conhecida por Machadão, localizada no conjunto Ponta Negra, será retomada no próximo dia 28. O prazo para conclusão é de 180 dias. Tradicional moradora do bairro, a governadora Fátima Bezerra assinou a ordem de serviço para que a empresa Campos Morais assuma a obra, iniciada em 2018 por outra construtora. Na solenidade realizada no auditório da governadoria, na tarde desta segunda-feira 21, a chefe do Executivo estadual informou que ela própria se encarregará de fazer a fiscalização do andamento da reforma.

“Tenho certeza de que muitas pessoas devem ter feito inúmeros questionamentos à direção, pelo fato de eu morar em Ponta Negra há tantos anos e, como a maioria das pessoas que lá residem, saber da importância do Machadão, não só para o bairro, como para toda a zona Sul de Natal. Mas, eu quero deixar bem claro que nesses dois anos, desde que assumimos a gestão, tenho sido incansável nas cobranças feitas aos secretários Getúlio [Marques/Educação] e Gustavo [Coelho/Infraestrutura]”, declarou a governadora. Iniciada em 2018, a reforma do Machadão tem apenas 13% de serviços executados.

Após amplo debate jurídico, e totalmente dentro das normas da legalidade, o Governo do Estado conseguiu efetivar o distrato com a empresa que havia ganho a licitação, mas que não apresentou condições técnicas para dar prosseguimento à obra. Optou-se, portanto, pela prerrogativa de dispensa de licitação, sendo que as secretarias de estado da Educação e da Infraestrutura, encarregadas pelo processo, deram preferência à construtora que havia ficado com a segunda colocação à época, no certame.

“Quero reforçar que graças a Deus conseguimos destravar todas as dificuldades que encontramos e vamos conseguir tocar essa reforma. Mais uma vez, eu declaro que isso aqui não é um favor, é um dever. Compreendemos que a reforma do Machadão fará uma grande diferença do ponto de vista de atrair mais matrículas. Fico feliz de a gente estar dando esse passo para esta escola cujo ensino é tão abrangente, do ensino fundamental ao ensino médio e educação de jovens e adultos”, assinalou a gestora. A E. E. José Fernandes Machado conta atualmente com um quadro de 61 professores e 742 alunos matriculados regularmente.

Ao final de seu pronunciamento, a governadora adiantou que o Governo do RN está ultimando os detalhes para fazer nova convocação para contratação de pessoal para a Educação. Presente ao evento, o diretor Jurandir de Souza Junior agradeceu todos as ações desta gestão a fim de melhorar a educação pública no RN, e em especial por conseguir destravar os problemas da reforma da escola que é considerada modelo para a comunidade. Na ocasião, ele estava acompanhado da vice-diretora Luanda Moreno.

Escola modelo

“A reforma vai beneficiar todos que fazem a comunidade escolar e torná-la ainda mais eficiente. Para vocês terem uma ideia da importância do Machadão para o contexto em que a escola está inserida, temos seis turmas de ensino médio regular no turno noturno, a maioria oriunda da Vila de Ponta Negra. Essa quantidade de alunos regulares é rara para a realidade da escola pública. Estou muito feliz, que após inúmeras reuniões da diretoria com a secretaria, iniciada na gestão da professora Solange [Ataíde], conseguirmos avançar para este passo que está sendo dado hoje”, afirmou.

Com a obra interrompida em dezembro de 2018, a escola funcionou no ano seguinte com banheiros químicos, problema o qual foi solucionado pela Secretaria da Infraestrutura. “Fizemos algumas tentativas com essa empresa. Concluímos que não havia condições. A empresa reagiu, demos mais algumas chances, mas diante da impossibilidade de retomada da obra, conseguimos o distrato. Na nova contratação, optamos pela dispensa da licitação e contratamos a Campos Morais, que recentemente nos entregou a escola João Henrique Dantas, em Carnaúba dos Dantas”, descreveu o secretário Gustavo Coelho. No final, ele brincou, que a fiscal da obra não é engenheira, mas vai passar lá todo dia (referindo-se à governadora).

O secretário da Educação Getúlio Marques ressaltou as cobranças que foram feitas nesses últimos dois anos, pela governadora Fátima Bezerra, até chegar a esse momento de assinatura da ordem de serviço. “Foram muitas as dificuldades que enfrentamos para chegar até aqui. Em 2021, vamos continuar juntos e queremos que todos os professores estejam conosco”, resumiu. Na ocasião, a SEEC também estava representada ela secretária adjunta Márcia Gurgel e do subsecretario Marcos Lael.

Ainda presentes à solenidade o representante da construtora, Felipe Campos Morais; os representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinte-RN), Eliene Bandeira e José Teixeira; e Hudson Guimarães, pelo mandato do deputado Francisco Medeiros.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.