BUSCAR
BUSCAR
Retorno
Governadora anuncia que aulas presenciais podem ser retomadas em agosto no RN
Fátima Bezerra afirmou que retomada das aulas 'passa por uma série de medidas porque tem que se dar de maneira muito segura'
G1
30/06/2020 | 09:45

A governadora Fátima Bezerra anunciou nesta terça (30) que as aulas presenciais no Rio Grande do Norte podem ser retomadas no dia 14 de agosto. As aulas estão suspensas desde 18 de março por causa da pandemia do coronavírus.

Em entrevista ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi, Fátima afirmou que a retomada das aulas presenciais “passa por uma série de medidas porque tem que se dar de maneira muito segura” e que a data ainda é um indicativo e não está definida.

“Temos uma grande preocupação do ponto de vista da aprendizagem. A maior parte dos alunos da rede pública não têm internet, e o Enem tá aí, vai ter Enem. Estamos muito preocupados com isso e a discussão que está sendo feita é para que a gente possa retomar as aulas a partir de 14 de agosto”, afirmou a gestora.

“Ainda não é tempo de normalidade”

A governadora ainda alertou a população que, apesar do início da retomada das atividades econômicas do Rio Grande do Norte, ainda “não é tempo de normalidade” e é preciso manter o distanciamento social. O primeiro decreto que suspendeu o funcionamento das atividades econômicas por causa da pandemia do coronavírus é de 20 de março.

A gestora disse ainda que novos leitos devem ser abertos ainda esta semana para que o Estado chegue à taxa de 80% de ocupação. Além disso, a governadora afirmou que o Estado vai requisitar leitos de hospitais privados para atendimento no SUS.

“Vamos requisitar, se necessário, aos hospitais privados para que esses leitos que foram instalados para pacientes da Covid-19 não sejam desmobilizados para que a gente possa contratar mais leitos da rede privada”, disse.

O decreto de 4 de junho previa como condição essencial para a implementação inicial do plano de retomada gradual das atividades econômicas no Rio Grande do Norte “que exista desaceleração da taxa de transmissibilidade da COVID-19 de maneira sustentada e a ocupação dos leitos públicos de UTI seja inferior a 70%”.

No entanto, de acordo com a governadora, essa taxa de ocupação de leitos agora deve ser de, no mínimo, 80%. Na manhã desta terça (30) a ocupação era de 87%. “Ainda esta semana serão entregues 15 leitos no Hospital João Machado para pacientes com Covid-19, o que vai diminuir essa taxa de ocupação”, disse a gestora.

Ela ressaltou que a retomada deve ser feita seguindo todos os protocolos de segurança sanitária que inclui, dentre outras coisas, a obrigatoriedade do uso da máscara e a disponibilização de álcool em gel em todos os estabelecimentos comerciais.

“Nós não queremos ter retrocesso, muito pelo contrário, nós queremos que essa retomada se dê de forma gradual, segura e para isso o compromisso de todos é fundamental. Entender que não estamos em tempo de normalidade de maneira nenhuma, é tempo de ficar em casa, só sair quando realmente necessário, e quando sair não esquecer do uso da máscara. As empresas têm que cumprir fielmente todos os protocolos do decreto para que nós tenhamos uma retomada com toda a segurança e tranquilidade que a população do RN deseja e merece”.

Apesar disso, a governadora afirmou que titubeará em retroceder na retomada das atividades se a taxa de ocupação de leitos e a taxa de transmissibilidade da Covid-19 aumentarem. “Eu não titubearei, em primeiro lugar, a defesa da vida. O emprego a gente corre atrás, a aula a gente repõe, mas a vida não tem volta de maneira nenhuma”, disse.

“Continuamos recomendando e pedindo às prefeituras que os acessos às praias continuem interditados. Continuaremos com todas as medidas de distanciamento social, elas são extremamente necessárias para que esse primeiro passo da retomada gradual seja seguro, para que a gente dê um passo seguro para as fases 2 e 3”, concluiu.

O Rio Grande do Norte registra 29.721 casos confirmados de Covid-19 e 994 mortes causadas pela doença.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.