BUSCAR
BUSCAR
Polêmica

General Girão diz que foi agredido por Dino e registra caso na Polícia

Ministro da Justiça nega e afirma que foi xingado pelo deputado General Girão
Redação
20/09/2023 | 07:37

O deputado federal General Girão (PL-RN) registou um boletim de ocorrência na Polícia Civil do Rio de Janeiro acusando o ministro da Justiça, Flavio Dino, de agressão.

O caso, segundo o parlamentar, ocorreu na última quinta-feira 14, no Aeroporto Santos Dumont, também no Rio.

girão
General Girão. Foto: José Aldenir/Agora RN

Segundo o BO, Girão afirmou que, por volta das 21h, o ministro da Justiça, acompanhado de seus seguranças particulares e da Polícia Federal, tentou intimidá-lo.

Na ocasião, de acordo com o termo de declaração do parlamentar, o ministro partiu para vias de fato contra Girão, chegando a deferir-lhe agressões no tórax. O caso está em apuração na 20ª Delegacia de Polícia (Vila Isabel).

Em nota, o Ministério da Justiça negou as agressões. “O ministro Flávio Dino nega agressões físicas. Pelo contrário, diante de xingamentos proferidos pelo citado senhor, que o Ministro não conhecia, a reação foi aproximar-se e pedir para o agressor deixar de ser mal-educado e grosseiro. Há várias testemunhas”, aponta o comunicado.

General Girão pede resposta

O deputado fez o relato sobre a situação durante participação na Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados na tarde desta terça-feira 19. Ele pediu uma resposta da Câmara ao episódio.

O assunto dominou os debates na Comissão de Segurança Pública, que tem maioria bolsonarista. Deputados fizeram falas em repúdio à suposta agressão do ministro.

Fontes ligadas ao PL afirmaram que o partido estuda uma representação no Ministério Público contra Dino. A legenda também deve fazer o requerimento das imagens. Entre os governistas, entretanto, o assunto é tratado como uma “polêmica forjada para atacar Dino, que é o favorito para ocupar a vaga no STF deixada por Rosa Weber”.

A assessoria de Girão afirmou já ter solicitado judicialmente as imagens do aeroporto, junto à Infraero, que comprovariam as agressões.

Flávio Dino. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Flávio Dino. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Eraldo Paiva faz o maior evento de pré-campanha no Novo Amarante
Encontro faz parte de estratégia ampla para envolver diferentes segmentos da sociedade na formulação de propostas
19/07/2024 às 07:02
PEC da Anistia: PT será maior beneficiado com Refis
Ao todo, os partidos brasileiros têm hoje pelo menos R$ 54,1 milhões em débitos na Dívida Ativa da União
19/07/2024 às 06:53
Rafael Motta: Não tenho a máquina da Prefeitura nem do Governo
Pré-candidato a prefeito de Natal e ex-deputado, Rafael Motta é filiado ao Avante
19/07/2024 às 06:48
“Fui o único pré-candidato que segue em crescimento”, diz Paulinho Freire
Paulinho Freire em evento de lançamento de pré-candidatura a prefeito de Natal
19/07/2024 às 06:43
Carlos Eduardo é condenado no TCU por superfaturamento em reforma do Machadão
Decisão do TCU aponta irregularidades de R$ 3,6 milhões na obra feita em 2006; ex-prefeito e envolvidos deverão devolver R$ 1,5 milhão à União
19/07/2024 às 06:00
Brasil terá 155 milhões de eleitores nas eleições municipais deste ano
Estimativa é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
18/07/2024 às 21:36
Rafael Motta lança movimento ‘Natal Cidade dos Sonhos’
Rafael destacou a importância de ouvir a comunidade e trabalhar em conjunto para transformar Natal em uma cidade mais moderna, inclusiva e bonita
18/07/2024 às 09:54
Paulinho é o pré-candidato que mais cresceu nas últimas pesquisas Exatus
Pré-candidatura de Paulinho Freire à Prefeitura de Natal cresceu 77,57%, nos últimos quatro meses | Foto: José Aldenir / Agora RN
18/07/2024 às 07:52
Álvaro é aprovado por 40%; Lula por 39%; e Fátima, por 22%
Levantamento mediu ainda a avaliação das gestões federal, estadual e municipal junto ao eleitorado natalense
18/07/2024 às 07:47
Natália é a mais rejeitada, com 28%; Carlos é o segundo, com 15%
Natália Bonavides lidera no quesito rejeição, com 28,38% das citações, seguida por Carlos Eduardo, com 15,38%
18/07/2024 às 07:35