BUSCAR
BUSCAR
Alta
Gás de cozinha terá novo aumento a partir desta segunda-feira, diz Singás-RN
De acordo com o sindicato, o preço do botijão de gás deverá subir entre R$ 5 e R$ 6 no Rio Grande do Norte. Com isso, o preço do produto deverá variar entre R$ 97 e R$ 100
Redação
05/04/2021 | 16:22

O preço do gás de cozinha no Rio Grande do Norte terá mais um aumento neste mês de abril. Com o reajuste dos preços nas refinarias, as distribuidoras informaram um crescimento de 5% no valor, fazendo com que o botijão de 13 kg chegue a R$ 100 ao consumidor, informou o Sindicato dos Revendedores autorizados de Gás Liquefeito de Petróleo (Singás-RN). O aumento no valor deverá ser praticado a partir desta segunda-feira 5.

O reajuste se deve ao crescimento do preço médio de venda do gás liquefeito de petróleo (GLP), pela Petrobras, em 5% para as distribuidoras . O quilo do gás liquefeito de petróleo (GLP) produzido nas refinarias da Petrobras vai ficar, em média, R$ 0,15 mais caro. O quilo do produto passa a ser vendido a R$ 3,21 e o botijão de 13 kg, a R$ 41,68. Segundo a empresa, a alta reflete as movimentações da cotação internacional do petróleo, utilizado como insumo na produção do produto, além do câmbio.

De acordo com o sindicato, o preço do botijão de gás deverá subir entre R$ 5 e R$ 6 no Rio Grande do Norte. Com isso, o preço do produto deverá variar entre R$ 97 e R$ 100.

Este é o quarto aumento do ano. O último ocorreu há menos de um mês, em março, também motivado pelo reajuste do valor cobrado nas refinarias.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.