BUSCAR
BUSCAR
No cérebro
Franklin Capistrano se recupera da cirurgia para implantação de válvula
Já em casa, junto à família, ele deverá retornar ao hospital para retirada dos pontos cirúrgicos na próxima semana e espera retornar às atividades em seu consultório antes dos festejos natalinos
Redação
26/11/2021 | 08:26

Dez dias após se submeter a uma cirurgia para implantação de uma válvula no cérebro para tratar um quadro de hidrocefalia, o ex-presidente da Câmara Municipal de Natal e ex-vereador Franklin Capistrano vem se recuperando bem do procedimento. Já em casa, junto à família, ele deverá retornar ao hospital para retirada dos pontos cirúrgicos na próxima semana e espera retornar às atividades em seu consultório antes dos festejos natalinos.

“Ele já está em casa, se recuperando da cirurgia. O prognóstico é muito positivo e ele já está bem melhor. Na próxima segunda-feira 29, retornará ao hospital para retirar os pontos da cirurgia e no final do mês, retorna para uma consulta com o neurocirurgião, para averiguar o estado da válvula que foi implantada no cérebro”, explicou o filho do ex-vereador, o escritor Pablo Capistrano.

Aos 78 anos, Franklin é médico psiquiatra e foi vereador do município de Natal por sete mandatos, tendo sido presidente da Câmara Municipal durante o biênio 2105-2016. Filiado ao PSB, decidiu não disputar o pleito eleitoral em 2020 por opção pessoal, voltando sua dedicação aos atendimentos em seu consultório psiquiátrico e à sua família.

No último dia 15, o ex-parlamentar foi submetido a uma cirurgia no cérebro após ter sido diagnosticado com hidrocefalia, o que afetou os movimentos do corpo. A técnica realizada permitiu que o cérebro de Franklin retornasse ao seu tamanho normal, aliviando os sintomas da doença. “Foi uma cirurgia tranquila, sem intercorrências. Se Deus quiser, ele retornará às atividades no consultório depois do dia 15”, informou Pablo.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.