BUSCAR
BUSCAR
Justiça
Flordelis será ouvida na quarta pela Corregedoria da Câmara dos Deputados
A deputada deve colocar a tornozeleira eletrônica para monitoramento nesta segunda-feira, na Secretaria de Administração Penitenciária do Rio
Redação
21/09/2020 | 15:03

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), ré por orquestrar a morte do marido, pastor Anderson do Carmo, será ouvida nesta quarta-feira 23 pela Corregedoria da Câmara dos Deputados.

Ela dará sua versão do caso para o corregedor parlamentar, deputado Paulo Bengtson (PTB-PA), que na semana passada recebeu a defesa escrita da parlamentar.

A oitiva, segundo ele, será presencial e “complementar” à defesa escrita, e ainda não tem hora marcada. 

A deputada deve colocar a tornozeleira eletrônica para monitoramento nesta segunda-feira, na Secretaria de Administração Penitenciária do Rio. Para Bengston, o processo político não tem impacto diante da decisão da Justiça do Rio.

Como base para a decisão, a juíza Nearis dos Santos, responsável pelo processo, lembrou que Flordelis tentou atrapalhar as investigações da morte do marido.

Segundo a juíza, com a tornozeleira eletrônica também ficaria mais fácil a fiscalização de que medidas cautelares anteriores sejam cumpridas, como a proibição de contato com testemunhas e acusados do assassinato.

*Com informações da CNN Brasil

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.