BUSCAR
BUSCAR
Decisão
Flordelis: Maia convoca reunião para discutir quebra de decoro
Reunião da Mesa Diretora será amanhã. Deputada foi denunciada pelo Ministério Público como a mandante da morte de seu ex-marido
Redação
31/08/2020 | 18:23

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), convocou para às 9h30 da desta terça-feira 1º reunião da Mesa Diretora para discutir a situação da deputada federal Flordelis, denunciada como a mandante da morte de seu ex-marido.

Duas questões devem ser analisadas pelos deputados: o requerimento do deputado Léo Motta (PSL-MG), que pede a instauração de representação contra a deputada por quebra de decoro parlamentar, e um projeto de resolução apresentado pelo corregedor da Câmara, deputado Paulo Bengtson (PTB-PA), que autoriza o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar a realizar reuniões virtuais por meio do Sistema de Deliberação Remota, o mesmo que vem sendo utilizado para as votações do Plenário.

Caso a resolução seja aprovada, o caso Flordelis poderia ser analisado com celeridade. O Conselho de Ética é presidido pelo deputado Juscelino Filho (DEM-MA).

Na semana passada, Rodrigo Maia disse em coletiva de imprensa que a Câmara dos Deputados estava aguardando a documentação pelo MP, uma vez que só a Casa pode autorizar a prisão da parlamentar.

O benefício que resguardou Flordelis da prisão se chama imunidade prisional, e é dado aos senadores e deputados, exceto em casos de crime inafiançável.

A parlamentar, do Rio de Janeiro, foi denunciada pelo MP no dia 24 por suspeita de ser a mandante do assassinato de seu ex-marido, o pastor Anderson do Carmo. Flordelis foi acusada pela Promotoria de homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, associação criminosa, uso de documento falso e falsidade ideológica. A suspeita nega todas as acusações.

O caso envolvendo Flordelis fez com que o corregedor, deputado Paulo Bengtson (PTB-BA), solicitasse a volta do Conselho de Ética – o grupo, composto por 21 membros, é responsável por aplicar penalidades em casos de descumprimento das normas relativas ao decoro parlamentar. E a comissão já tem uma representação contra Flordelis, cuja autoria é de Léo Motta (PSL-MG).

*Com informações do R7

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.