BUSCAR
BUSCAR
“Fiquei perplexo”, diz Fábio Faria sobre declaração de Henrique ao Visor

18/05/2015 | 13:30

O deputado federal Fábio Faria (PSD), afirmou em entrevista no início da tarde desta segunda-feira (18) que ficou perplexo com as declarações do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB) sobre a disputa pelo hub da Tam, dadas ao Visor Político na última sexta-feira (15). A entrevista do deputado, que é filho do governador Robinson Faria (PSD), foi ao jornal Meio Dia Cidade (94.3 FM).

“Eu sinceramente não acredito que houve essa entrevista. Fico perplexo. Primeiro porque a redução do ICMS sobre o combustível foi dada pelo Governo e quem pode reduzir ainda mais, para concorrer, é o Governo. As obras de acesso também são do Governo do Estado; os VLT’s (Veículos Leves sobre Trilhos) também não são de responsabilidade das prefeituras. Natal e são Gonçalo pertencem ao Rio Grande do Norte. O ministro é ministro do Brasil, é óbvio que ele não pode defender o Estado, ele defende agora o Brasil, mas acho que houve isso pela ligação pessoal e política dele com o prefeito Carlos Eduardo (PDT) e o prefeito Jaime Calado (PR). Eu lamento muito politizar essa questão”, afirmou Faria.

Identificando boas chances de Natal sediar o hub da companhia aérea, o deputado argumentou que lugares que receberam equipamentos semelhantes, tais como Dubai, Abu Dhabi e Doha tiveram aumento de 30% do Produto Interno Bruto. “Vejo com muitos bons olhos, essa possibilidade. Nós perdemos no passado recente o porto e a refinaria. O RN teve uma pequena compensação que foi a refinaria de QAV em Guamaré e hoje nós temos uma possibilidade muito real. Agora isso vai depende de muita coisa. O que nos tranquiliza é que, como a presidente da TAM nos garantiu, a decisão será técnica. É óbvio que uma harmonia na classe política é importante. E nós precisamos ter políticas de governo que deem as condições do Estado competir.

Outro tema debatido durante a entrevista foi a crise financeira pela qual passam o Rio Grande do Norte, como os demais estados e o próprio Governo Federal. Fábio Faria destacou que o estado perdeu dinheiro com a redução dos royalties da Petrobrás, e que o Fundo de Participação dos Estados veio R$ 80 milhões abaixo do previsto para estes primeiros meses de ano e de gestão. O deputado federal afirmou que o empréstimo R$ 850 milhões que ainda deverá ser autorizado pelo Tesouro Nacional será de suma importância para o Estado pagar contrapartidas e garantir obras de infraestrutura prioritárias. “Um país e um estado saem da crise investindo em infraestrutura”, argumentou. Conseguir esse empréstimo, ainda de acordo com Faria, é o grande desafio do governo do seu pai agora.

A avaliação do deputado quanto aos primeiros meses de gestão foi positiva. “Pegamos um Governo que não estava com situação boa, um grande déficit e um período de crise grande no Brasil. Nós avançamos muito”, afirmou, destacando o aumento das ofertas e destinos de voos a partir do aeroporto de Natal, além da maior procura da cidade como destino turístico. O deputado ainda destacou o perfil técnico do secretariado. “Se o chamado acordão tivesse vencido, aqueles vários partidos iriam indicar nomes que iriam assumir cargos. Nós vencemos com dois partidos e buscamos nomes ideais, técnicos, para o Governo. O Governo vem se saindo bem”, colocou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.