BUSCAR
BUSCAR
Justiça
Filha de Agnaldo Timóteo obtém na Justiça direito à herança do cantor
Timóteo deixou metade da fortuna para menina, mas irmãos do cantor quiseram anular testamento
Metrópoles
09/08/2021 | 11:07

O processo de adoção que Agnaldo Timóteo iniciou ainda em vida para legalizar sua relação com a jovem Keyty Evelyn foi finalizado. Quatro meses após a morte do cantor, a Justiça determinou que ela é sua filha, já que foi ele quem criou, educou e cuidou dela desde que a menina tinha 1 ano de idade e era sua única referência paterna.

Timóteo deixou em seu testamento que metade de sua fortuna, avaliada em cerca de R$ 16 milhões, deveria ser destinada a Keyty. A outra metade seria dividida entre dois afilhados do cantor e dois dos seus seis irmãos. No entanto, os irmãos pediram a anulação do testamento, alegando que ele estaria desorientado.

Por causa do imbróglio, Keyty, que atualmente tem 14 anos, foi retirada da casa onde morava com Agnaldo. Mas o inventariante do cantor, o advogado Sidnei Lobo Pedroso, garantiu o acesso da menina à herança e ela retornou à casa em julho. Com a decisão da adoção, não há mais motivos para anular o testamento.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.