BUSCAR
BUSCAR
Online
Festival virtual “Na Ladeira” acontece neste domingo 28 e reúne vários artistas potiguares
Festival virtual será exibido neste domingo 28 no YouTube
Redação
27/02/2021 | 02:54

Idealizado pela Maquinara Produções e Guria Produtora, o Festival “Na Ladeira” nasceu como uma alternativa de entretenimento e ressignificação do espaço público. A proposta inicial seria criar na praia de Ponta Negra um evento de artes integradas para fomentar a cultura local e a economia criativa. Com a pandemia da Covid-19, o evento se transformou em um festival virtual, com a participação de vários artistas potiguares. A exibição será neste domingo 28, a partir das 15h, pelo canal da Maquinara Produções no YouTube.

Com apresentação de Cecília Oliveira e Raphael Dumaresq, tendo como plano de fundo a Praia de Ponta Negra, o festival promoverá grandes encontros musicais, em uma diversidade de estilos, sons, ritmos e vivências: Rodrigo Lacaz + Alexandre Américo; Dani Cruz + Dodora Cardoso + Bruno Alexandre; Filipe Toca + Samara Alves + Carol Porto; Dusouto + Pretta Soul + Sarah Oliver; Luísa E Os Alquimistas + Clara + Saintclair; Tiquinha + Khrystal + Ananda Krishna; Camomila Chá + Potyguara Bardo + Rafaela Brito e Skarimbo + Aiyra. 

“Já que ainda não podemos realizar encontros físicos com o público, resolvemos promover encontros musicais e daí veio a ideia de realizar os feats, unindo artistas que já trabalharam juntos, mas também realizando encontros inusitados”, destacou Camila Pedrassoli, uma das realizadoras do festival.

A equipe de bastidores e de vídeo tem grande presença feminina, trazendo a delicadeza, o cuidado e a força das mulheres para o mercado audiovisual e de eventos. A contrapartida social, via QRCode, será para o Manas Na Rua – projeto social que iniciou suas atividades em novembro de 2020 e traz a proposta de levar alimentação, sem exploração animal, para pessoas em situação de rua. 

Além de comida, as Manas também arrecadam roupas, colchões e itens de higiene. É uma organização feita por mulheres e sem fins lucrativos, que existe graças às doações de materiais, e da força de trabalho das pessoas envolvidas. O Festival “Na Ladeira” tem realização da Maquinara Produções e Guria Produtora, com patrocínio da Prefeitura do Natal e Unimed Natal,  via Lei Djalma Maranhão.

Os artistas participantes do “Na Ladeira”

DuSouto é um trio potiguar formado há mais de 16 anos por Paulo Souto, Gabriel Souto e Gustavo Lamartine. Com uma proposta de experimentar a música eletrônica, jamaicana, brasileira e nordestina, mistura samba com drum’n’bass, reggae com repente, xote e forró com surfmusic, utilizando loops, guitarras, samples, groovebox, cavaquinho, sintetizadores, sanfona, acompanhados de letras bem humoradas.

Pretta Soul apresenta um show de valorização da cultura hip-hop no Nordeste, mostrando a potencialidades das mulheres no rap. Chega com um som de linguagem, inspiração e sotaque nordestino; influenciadas pelas rimas de improviso, pelo repente e de outras referências da MPB, fazendo um estilo com proposta inovadora e ao mesmo tempo contemporânea. 

Sarah Oliver é artista de rua, cantora e compositora, desbrava o pandeiro, e é apaixonada pela música popular. Além das tocadas em feiras livres, na rua, na noite, também participou dos grupos Coco Catimbozado e Orquestra Nó Cego.

Luisa e os Alquimistas possui três álbuns lançados. A banda se aprofunda na energia dos batidões eletrônicos nordestinos, conectando essa sonoridade a um ambiente de experimentação de timbres, arranjos e flows se misturam ao dub, dancehall, reggaeton, rap, zouk, R&B.

CLARA é cantora e compositora, mulher preta de periferia e mãe. Em 12 anos de carreira musical recebeu prêmios, gravou álbuns, participou de festivais, fez turnês no nordeste e uma turnê/residência na Europa.

Saint Clair Leonardo da Silva nasceu no dia 12 de outubro de 2000, em Natal. Desde criança, amava o meio artístico. Hoje, aos, 19 anos, já participou de vários eventos fazendo apresentações, abrindo até o show de Glória Groove no tradicional “O Baile das Kengas”.

Tiquinha Rodrigues desenvolve trabalhos musicais na Orquestra Sinfônica do RN e na banda Rosa de Pedra. O Giros in Solo, novo trabalho de Tiquinha, surge como um espaço de expressão e afirmação das próprias memórias da artista, em um ritual celebrativo, musical, poético e performático.

Khrystal é intérprete, compositora e atriz brasileira, com vinte anos de música, três discos lançados, aparições em programas de TV como The Voice Brasil e encontros marcantes no palco com grandes artistas da música brasileira. 

Ananda Krishna iniciou a carreira artística aos 13 anos como backing vocal e percussionista na banda Zé Matuto. Com o show intitulado Feitiçaria, participou de Festivais como o Burburinho Festival de Artes (2018) e da Eco Praça (2020). Atualmente está em processo de gravação do álbum Feitiçaria.

Dani Cruz é cantora e compositora da nova geração da música brasileira. Desde 2014, vem aparecendo na cena artística da cidade, especialmente ligada ao sambajazz.No primeiro EP, “Afoita”, traz as influências do samba, jazz e new bossa, gêneros já ligados a seus trabalhos anteriores, mas incluindo experimentações do funk americano que traz uma nova estética.

Dodora Cardoso atualmente se dedica a carreira solo e se apresenta nos principais palcos da cidade de Natal, onde reside há 15 anos, em plena consolidação como uma das mais prestigiadas cantoras de samba do Rio Grande do Norte.

Skarimbó faz parte do cenário musical de Natal desde 2014 e em 2015 lançou seu EP de estreia com 4 músicas. Em 2018 foi lançado “Emaranhado”, primeiro álbum do Skarimbó, os ritmos da América Latina, do Nordeste e da África se encontram numa grande celebração entre nossa ancestralidade e as idas e vindas da existência mundana.

Aiyra é percussionista, compositora e intérprete atuante na cena musical do Rio Grande do Norte desde 2004. Em 2017, iniciou sua trajetória solo culminando na gravação do seu primeiro disco autoral, o “Quebra-vento”, lançado em novembro de 2019.

Camomila Chá é uma banda de mantras, cantos sagrados e meditação. Idealizada por Juliana Furtado e Camila Pedrassoli, a banda nasceu de uma vontade de compartilhar momentos de paz, amor e autoconhecimento. 

Rafaela Brito é cantora, compositora, multi-instrumentista e artista plástica. Filha de uma preta, foi criada entre as feiras e beira-rio de Natal, de onde vinha o sustento da família. Com 10 anos de carreira, a artista é convidada para tocar e produzir vários projetos.

Potyguara Bardo é intérprete, compositora e drag queen natalense. Em 2018, aos 22 anos de idade, lançou Simulacre. No álbum, a jovem drag apresenta a mistura viva que encarna em seus espetáculos, entre a ancestralidade, o pop e um experimentalismo que borra as fronteiras entre eles.

Filipe Toca é um cantor e compositor que começou a carreira profissional aos 16 anos, quando começou a tocar em bares e pubs locais. Toca lançou em 2019, seu primeiro single autoral. A canção chama-se “Rir do Mundo” e foi produzida por Juliano Valle, além da canção “8ª Maravilha”. Ele participou do The Voice Brasil recentemente.

Samara Alves é cantora e mora em Rio do Fogo, no RN. Ela arrasou em suas apresentações no The Voice Brasil e conquistou o coração da técnica Ivete Sangalo e do Brasil. 

Carolina Porto é publicitária, cantora e compositora que mora em Natal. O que era pra ser um sonho de infância se tornou uma paixão pela vida. Há algum tempo, vem gravando covers para YouTube e Instagram, enquanto aguarda o seu projeto autoral.

Rodrigo Lacaz é um cantor natalense com dezessete anos de carreira, de voz melodiosa e visceral. Em 2014 iniciou um projeto pessoal de shows de rua que já acumulou apresentações em mais de 20 cidades no Brasil e também no exterior. No repertório, constam canções próprias de tom reflexivo e grandes obras da música mundial em interpretações de forte carga emotiva, partilhando com a plateia momentos repletos de sentimento e contemplação.

Alexandre Américo é pesquisador, bailarino e coreógrafo. Atua na área da investigação em Dança Contemporânea tecendo aproximações entre as Ciências da Mente e Processos Criativos, com enfoque em estruturas de improvisação e seus desdobramentos dramatúrgicos. Atualmente exerce a função de Diretor Artístico da Cia Gira Dança.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.