BUSCAR
BUSCAR
Aumento do ICMS

Em nota, Femurn afirma ser favorável à manutenção do ICMS a 20%

Presidente da Femurn afirma que para manutenção dos serviços é essencial o ICMS
10/10/2023 | 04:55

O presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Luciano Santos, afirmou ser favorável a manutenção do ICMS a 20%, proposta que será enviada pela governadora Fátima Bezera para Assembleia Legislativa.

“Os municípios tendem a ficar favoráveis à manutenção da alíquota, diante do cenário macro e microeconômico desfavoráveis, que impõe severas restrições orçamentárias aos municípios brasileiros e em especial, aos potiguares, castigados pelo aumento do custeio, falta de contrapartida em programas criados pela União, queda na arrecadação fiscal do governo federal, estados e municípios, dentre outras causas”, afirma o presidente da Femurn se posicionando pelo  ICMS a 20%.

rn Presidente da Femurn se diz contra redução de ICMS em 18%. Foto: José Aldenir/Agora RN
Presidente da Femurn, Luciano Santos é favorável a manutenção do ICMS a 20%

O presidente da Femurn lembrou que a Fazenda Estadual aponta uma queda de aproximadamente R$ 500 milhões na receita apenas entre agosto e dezembro de 2022. De forma concomitante, como o ICMS é um imposto compartilhado, os municípios potiguares dado a sua cota parte, deixaram de arrecadar cerca de R$ 125 milhões.

A Femurn entende que excesso de impostos podem atrapalhar setores econômicos e fundamentalmente, pelo caráter regressivo, pessoas mais vulneráveis. Entretanto, os maiores prejudicados também serão os mais vulneráveis pela absoluta falta de condições da continuidade de serviços básicos como saúde, educação, assistência, dentre outros. A propugnada reforma tributária que está em andamento no Congresso Nacional tem caráter urgente, maior que qualquer outra pauta nesse momento e congraçamos os nossos representantes federais para defender as pessoas, que vivem nos municípios.

A Femurn analisa que excesso de impostos podem atrapalhar setores econômicos e fundamentalmente, pelo caráter regressivo, pessoas mais vulneráveis. “Entretanto, os maiores prejudicados também serão os mais vulneráveis pela absoluta falta de condições da continuidade de serviços básicos como saúde, educação, assistência, dentre outros. A propugnada reforma tributária que está em andamento no Congresso Nacional tem caráter urgente, maior que qualquer outra pauta nesse momento e congraçamos os nossos representantes federais para defender as pessoas, que vivem nos municípios”, destaca a nota da Femurn.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
PSDB de Parnamirim decide permanecer na base de apoio de Taveira
Articulação junto ao PSDB foi realizada pelo deputado estadual Taveira Júnior (União Brasil)
18/05/2024 às 13:05
Isolda mantém nome na disputa em Mossoró:“Estamos no jogo”
Deputada estadual reafirma compromisso do PT com candidatura própria, mas mantém diálogo com outras forças políticas para unificar a oposição e enfrentar o prefeito Allyson
18/05/2024 às 07:02
Carlos Eduardo não deve recorrer de decisão que absolveu Rogério Marinho
Ex-prefeito é aconselhado a focar nas eleições municipais após TRE-RN absolver Marinho de acusação de abuso de poder econômico e político
18/05/2024 às 07:00
Presidente do PSDB confirma Datena como pré-candidato do partido a prefeito de São Paulo
Agora, o partido trabalhará com a possibilidade de uma chapa-pura para a disputa municipal
17/05/2024 às 21:59
Moraes pede que PGR avalie arquivamento de inquérito contra Bolsonaro
Ação investiga denúncia de interferência do ex-presidente na PF
17/05/2024 às 21:38
Toffoli gasta R$ 100 mil do STF com diárias de um segurança em Londres e Madri
Supremo diz que contratar segurança no exterior é mais caro; quantia corresponde ao pagamento de 25 diárias
17/05/2024 às 19:26
Zanin suspende por 60 dias decisão que barrou desoneração da folha
Zanin suspende por 60 dias decisão que barrou desoneração da folha
17/05/2024 às 19:15
Bolsonaro pede indenização de R$ 50 mil a Boulos por falas sobre morte de Marielle Franco
Além do pagamento em dinheiro, o ex-presidente pede que Boulos se retrate nas redes sociais
17/05/2024 às 12:54
General Girão se defende: “Não vi preocupação com o povo gaúcho”
Girão foi apontado pelo Psol como disseminador de desinformação e notícias falsas sobre os resgates dos atingidos pela tragédia climática no Rio Grande do Sul
17/05/2024 às 08:11
Barroso propõe tese para evitar assédio judicial contra jornalistas e imprensa
STF vai continuar na quarta-feira 22 julgamento de ações propostas por associações de jornalismo contra a prática usada para constranger profissionais
16/05/2024 às 20:42
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.