BUSCAR
BUSCAR
Medida

Federação Inglesa denuncia Cavani, do United, por ‘má conduta nas redes sociais’

Acusação é de "comportamento impróprio" depois que o uruguaio compartilhou no Instagram um agradecimento a um amigo, que lhe deu os parabéns pelo gol marcado contra o Southampton, pelo Campeonato Inglês, ao escrever "Gracias negrito"
Estadão
17/12/2020 | 19:40

A Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira que decidiu por denunciar, após uma investigação realizada nos últimos dias, o atacante uruguaio Edinson Cavani, do Manchester United, por conta de uma postagem do atleta realizada em suas redes sociais no final de novembro.

A acusação é de “comportamento impróprio” depois que o uruguaio compartilhou no Instagram um agradecimento a um amigo, que lhe deu os parabéns pelo gol marcado contra o Southampton, pelo Campeonato Inglês, ao escrever “Gracias negrito”. Embora a postagem tenha sido apagada, não foi suficiente para a FA esquecer do assunto.

Federação inglesa denuncia cavani, do united, por ‘má conduta nas redes sociais’
Federação Inglesa denuncia Cavani, do United, por 'má conduta nas redes sociais' Foto: Oli Scarff / AFP

Denunciado, agora Cavani tem até o dia 4 de janeiro para apresentar a sua defesa. Nesta quinta-feira, o Manchester United veio a público através de um comunicado oficial nas redes sociais para defender o seu atacante.

“O clube e os seus jogadores estão empenhados na luta contra o racismo e vão continuar trabalhando com a FA nesse sentido. Repudiamos a decisão de acusar Cavani por responder a uma mensagem de um amigo, sendo que queremos deixar claro que não havia nenhuma intenção maliciosa no conteúdo da mensagem, que foi depois apagada e pela qual o jogador pediu desculpa quando foi avisado de que poderia ser mal interpretada. Iremos responder ao processo de forma adequada”, informou o clube.

Caso a FA considere que o termo é ofensivo e condene o jogador, uma suspensão mínima de 3 jogos deverá ser a pena aplicada. Em 2011, o também uruguaio Luis Suárez, na época defendendo o Liverpool, pegou um gancho de oito partidas por usar a palavra “negrito” em uma discussão com o lateral-esquerdo francês Evra, do Manchester United.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
América enfrenta o Treze (PB) na Casa de Apostas Arena das Dunas neste domingo 16
Jogo acontecerá às 18h; Ingressos já estão à venda e portões abrem às 16h
12/06/2024 às 10:48
Botafogo empilha chances, vence o Flu e dorme na liderança do Brasileiro
Com mais uma derrota e estacionado nos seis pontos, o Fluminense pode terminar a rodada na zona de rebaixamento da competição
12/06/2024 às 08:54
ABC anuncia saída do lateral-direito Yuri Ferraz
Yuri disputou 27 jogos pelo ABC e não marcou gols, nem deu assistências
12/06/2024 às 08:50
Tite se emociona com visita de Carlos Alberto Parreira no CT do Flamengo
Técnico do tetra da Seleção Brasileira, em 1994, esteve no Ninho do Urubu nesta terça-feira (11)
11/06/2024 às 18:52
Torcedor do América é baleado em confusão após jogo
O suspeito fugiu em uma moto e não foi encontrado
11/06/2024 às 09:02
Vini Jr: Justiça da Espanha condena torcedores do Valencia à prisão por insultos racistas
Segundo a La Liga, sta é a 1ª sentença desse tipo proferida pela Justiça espanhola
11/06/2024 às 08:58
Seleção brasileira treina em Orlando, onde enfrenta os EUA na quarta
Amistoso será o último antes da estreia na Copa América
10/06/2024 às 19:59
Quanto o Fortaleza ganhou pela Copa do Nordeste
Emocionante vitória do Fortaleza na Copa do Nordeste 2024! Descubra como o título impactou o clube financeiramente e seu significado para o futebol nordestino.
10/06/2024 às 19:19
Atleta do América conquista duas medalhas de ouro em Grand Slam de Jiu-Jitsu na Turquia
Felipe Bezerra é o atual campeão Mundial nas categorias Master e Profissional do Abu Dhabi Word Championship 2023
10/06/2024 às 18:33
Presidente da Fifa elogia condenação de torcedores por atos racistas a Vini Jr.
Gianni Infantino defende que acusações criminais devam fazer parte do processo de combate ao racismo no futebol
10/06/2024 às 17:17
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.