BUSCAR
BUSCAR
Imunização
Fátima lança plataforma que vai monitorar a vacinação contra a Covid-19 no RN
Sistema RN+Vacina vai monitorar o transporte, distribuição e a aplicação dos imunizantes em todo o Estado
Redação
15/01/2021 | 13:44

O governo do Rio Grande do Norte lançou nesta sexta-feira aplicativo RN+Vacina para acompanhar todo o processo de vacinação contra a Covid-19. O sistema vai monitorar o transporte, distribuição e a aplicação dos imunizantes em todo o Estado.  

O RN + Vacina vai permitir sistema transparente para a acompanhar a vacinação contra a Covid-19. A plataforma digital vai facilitar a análise de dados relacionada com o processo de imunização.

Com o sistema, segundo a governadora Fátima Bezerra, que participou do lançamento oficial do sistema nesta terça-feira, será possível acompanhar o processo de transporte da vacina até ser aplicada nos potiguares.

O sistema é semelhante ao da plataforma “Regula RN”, que permite acompanhar a ocupação de leitos de assistência aos infectados pelo novo coronavírus nas unidades hospitalares do Estado.

O sistema foi elaborado em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.  O programa melhora a atuação de quem estará nas salas de vacina e da gestão da saúde pública, por que simplifica o acompanhamento da aplicação das doses e o controle em tempo real.

Segundo Fátima Bezerra, o cidadão poderá acessar o RN + Vacina, inclusive pelo celular, mediante rápido cadastro. O programa também vai disponibilizar o acesso a informações sobre vacinas e um cartão virtual de vacinação.

“O RN+Vacina é uma ferramenta pioneira em todo o Brasil. Traz maior eficiência para o serviço de imunização contra a Covid-19. Vai rastrear todas as pessoas que irão tomar as vacinas. É um legado que ficará para todo o Estado”, disse ela.

Para fortalecer o sistema, o governo estadual vai adquirir 1 mil tablets para as salas de vacinação no Rio Grande do Norte. A ideia é acelerar a aplicação dos dados no sistema do RN+Vacina.

Ainda de acordo com a governadora, toda a infraestrutura para a aplicação das vacinas está pronta no Rio Grande do Norte. Ela revelou que o estado vai receber 95 geladeiras especais e duas câmaras frias da Companhia Energética do Rio Grande do Norte.

O RN + Vacina também será aberto ao público, segundo o coordenador do LAIS, Ricardo Valentim. A ideia é de que as pessoas vacinadas possam cadastrar dados – idade, situação clínica, tipo de vacina recebida, entre outras informações – para que o poder público possa monitorar o avanço da imunização no território potiguar.

Segundo ele, os dados serão enviados ao Ministério da Saúde, por meio do Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), que é a plataforma nacional de interoperabilidade de dados em saúde. “É um serviço que fica de legado para o futuro, pois vai permitir o cadastro do planejamento de outras vacinações”, explicou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.