BUSCAR
BUSCAR
Política

Fátima está fazendo o “dever de casa”, afirma analista sobre busca por apoio de Lula ao RN

Cientistas políticos analisam desempenho da governadora no novo mandato, agora com correligionário Luiz Inácio Lula da Silva na Presidência
Redação
18/10/2023 | 05:00

Desde sua reeleição em 2022, a governadora Fátima Bezerra (PT) tem mantido uma relação cada vez mais próxima com o governo federal, agora liderado por seu correligionário Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Para o cientista político Bruno Oliveira, a gestora tem feito o “dever de casa” na busca por recursos e apoio para lançar obras importantes e tirar o Estado da crise.

Reeleita em primeiro turno sob a promessa de que “o melhor vai começar” e destacando que teria o apoio do presidente Lula em Brasília, Fátima começa a ser cobrada, já em seu primeiro ano do segundo mandato, por um apoio mais efetivo do presidente petista ao povo potiguar.

bruno oliveira 2 Copia
Cientista político Bruno Oliveira analisa desempenho da governadora Fátima Bezerra (PT) - Foto: Cedida

“A meu ver, o governo [de Fátima] está fazendo o dever de casa. Tem uma equipe técnica competente e mesmo com a crise ela tem buscado recursos e apoio federal para dar sequência e lançar obras importantes. A presença de vários ministros aqui no Estado recentemente demonstra um pouco disso,” disse Bruno Oliveira.

Em menos de uma semana o Rio Grande do Norte recebeu três ministros do governo Lula: Flávio Dino (Justiça e Segurança Pública), que na última quarta-feira 11 anunciou R$ 73 milhões para a segurança e o sistema prisional; o ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa e o de Transportes, Renan Filho, ambos nesta segunda-feira 16. Os dois últimos auxiliares vieram ao RN realizar o lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), que prevê investimentos da ordem de R$ 45 bilhões para o Estado.

Ainda segundo Oliveira, a governadora Fátima Bezerra sabe que precisa mostrar um bom desempenho administrativo para manter o apoio político e partidário com o qual ela foi reeleita em 2022. Nesse sentido, ela tem se esforçado, na avaliação dele, para debelar a crise e recuperar a capacidade de investimentos da máquina estadual.

“De fato há uma afinidade clara, basta ver os ministros que já vieram aqui, os anúncios que foram feitos, obras do PAC, etc, mas efetivamente a população quer ver a obra sendo realizada, quer ver a coisa acontecendo. Então precisa aguardar um pouco para sentir esse alinhamento, digamos assim, funcionando e dando realmente resultado”, acrescenta Bruno.

PAC atende expectativas, diz Antônio Spineli

O cientista político e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) Antônio Spineli reforça que o sucesso do governo de Fátima Bezerra será medido pelas obras efetivamente realizadas: “No que diz respeito às promessas de campanha, os investimentos do PAC, em particular, estão correspondendo às expectativas. O que conta para o cidadão é a obra feita.”

Diante dos desafios financeiros observados no segundo mandato do governo Fátima, Spineli afirma que a colaboração do governo federal é essencial para a gestão petista local superar as dificuldades e conseguir fazer um bom governo.

“O Estado tem recursos escassos e a arrecadação é insuficiente. Há problemas estruturais de longa data que precisam ser resolvidos. A ajuda do governo federal é necessária e indispensável. O bom diálogo entre a governadora e o presidente, além de uma visão coincidente acerca das políticas públicas necessárias e de como conduzir a gestão, certamente podem contribuir decisivamente para a obtenção de resultados”, declara o docente.

“É importante salientar que as expectativas de crescimento da economia nacional são boas e a inflação está sob controle. Isso tem reflexos em nível local quando os governos dos estados são capazes de aproveitar as oportunidades”, ressalta.

Para o cientista social e professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) Daniel Menezes, o “federalismo brasileiro muito centralizado” tem limitado a capacidade de investimento dos entes estaduais nos últimos anos, o que não é diferente com relação ao Rio Grande do Norte. Para ele, assim como os demais estados, o RN fica “à mercê do governo federal” no que se refere aos investimentos.

Embora reconheça que o governo Fátima enfrente dificuldades financeiras, Daniel afirma que os investimentos anunciados pelo governo Lula para o RN darão um fôlego político a Fátima até 2026.

“Com esses investimentos me parece que o grupo que controla o governo tem condições de chegar fortalecido em 2026, mas aí vai depender do modo como essas obras irão se efetivar daqui até lá. Você tem a Reta Tabajara, algumas obras que há promessas de serem destravadas, o começo da BR-304, que fica para 2024, a resolução do problema da água em Mossoró. Então se essas obras saírem, o governo chega bastante fortalecido em 2026. A questão é saber de que modo isso irá se desenvolver até lá. E aí só o tempo vai dizer”, conclui Menezes.

*Publicado na edição impressa do AGORA RN desta quarta-feira, dia 18 de outubro de 2023.

Polícia Civil desmantela organização criminosa que furtava tubos de petróleo no RN
Ação visou desmantelar uma organização criminosa na região Oeste Potiguar
29/05/2024 às 12:16
Deputado José Dias é escolhido para relatar LDO 2025
Projeto foi distribuído pelo deputado Tomba Farias
29/05/2024 às 11:59
Pra ver e ouvir: A hora da estrela nos cinemas e novo álbum da Billie Eilish
Confira dicas de conteúdos para assistir e ouvir
29/05/2024 às 11:57
Natal Restaurant Week começa no dia 7 de junho
Evento chega à capital potiguar, do dia 7 de junho a 7 de julho
29/05/2024 às 11:54
Pingo da Mei Dia abre Mossoró Cidade Junina
Para possibilitar mais espaço ao evento, o Município ampliou a área da festa
29/05/2024 às 11:51
Berço da criatividade, Pinacoteca do RN recebe exposições de artistas locais que rompem fronteiras
Pinacoteca do Estado está em constante celebração da arte
29/05/2024 às 11:46
Banda potiguar Novelie aposta no rock e ganha destaque na cena local
Novelie conta sobre início da carreira e planos para o futuro em entrevista para a Cultue
29/05/2024 às 11:43
Descubra a voz da literatura indígena do Rio Grande do Norte
A escritora foi semifinalista do Prêmio Jabuti 2023 na categoria Poesia
29/05/2024 às 11:41
Tiago Iorc fala sobre show em Natal, carreira e parceria com Anitta: “Tão bonita”
Cantor se apresenta no Teatro Riachuelo no dia 9 de junho
29/05/2024 às 11:35
Conheça a influenciadora potiguar Luisa Souto, a “Luisou”
Influenciadora Luisa Souto conta sobre processo criativo em conversa com a Cultue
29/05/2024 às 11:32
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.