BUSCAR
BUSCAR
Lesão
Exame não aponta fratura no tornozelo e Neymar diz que choro foi de ‘desespero’
Thiago Mendes aplicou uma tesoura no compatriota durante o confronto entre PSG e Lyon, no Parque dos Príncipes, em Paris, em rodada do Campeonato Francês. Neymar deixou o campo chorando
Estadão
14/12/2020 | 20:40

O Paris Saint-Germain realizou exames de imagem no tornozelo de Neymar após a entrada dura de Thiago Mendes, no domingo, e o resultado foi o melhor possível: apesar do inchaço e das dores, não há fratura. O brasileiro passará por nova bateria de exames em 48 horas, mas ele e o clube tranquilizam seus torcedores e fãs sobre uma possível lesão mais grave.

Thiago Mendes aplicou uma tesoura no compatriota durante o confronto entre PSG e Lyon, no Parque dos Príncipes, em Paris, em rodada do Campeonato Francês. Neymar deixou o campo chorando muito e com muitas dores.

A cena deixou torcedores preocupados e sob o temor de fratura. O atacante já desfalcou o PSG e a seleção brasileira por outras contusões graves. Desta vez, contudo, parece ter sido apenas um susto.

“A avaliação clínica e radiológica de Neymar Jr, acompanhando o mecanismo de entorse do tornozelo esquerdo ocorrido na noite passada, é tranquilizadora. Um novo boletim e novos exames serão realizados em 48 horas”, trouxe o boletim médico do PSG, nesta segunda-feira.

Neymar deixou o hospital Neuilly-sur-Seine caminhando normalmente após a avaliação clínica. Não precisou utilizar muletas, o que deixa o clube esperançoso em tê-lo em campo logo. Os novos exames servirão para avaliar se houve alguma lesão nos ligamentos.

“Choro é de dor, desespero, medo, angústia, cirurgia, muletas e outras lembranças ruins… Poderia ser pior, mas mais uma vez Deus me livrou de algo sério. Recuperar e voltar o mais rápido possível”, publicou o brasileiro em suas redes sociais.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.