BUSCAR
BUSCAR
Saúde
Ex-vereador Franklin Capistrano implanta válvula no cérebro
Franklin Capistrano cumpriu sete mandatos de vereador em Natal e chegou a presidir a Câmara da capital potiguar
Alessandra Bernardo
17/11/2021 | 08:03

O ex-vereador de Natal, Franklin Capistrano, se submeteu a uma cirurgia para implantação de uma válvula no cérebro após apresentar quadro de hidrocefalia, nesta segunda-feira (15), na Capital. A cirurgia durou aproximadamente uma hora e transcorreu tranquilamente, sem intercorrências. Seu quadro clínico é estável e a expectativa é que o ex-parlamentar, de 78 anos, receba alta hospitalar ainda esta semana.

O filho de Franklin, escritor Pablo Capistrano, explicou ao Agora RN que o ex-vereador apresentou quadro de hidrocefalia, que afetou sobretudo os movimentos do corpo e, diante disso, a equipe médica que o acompanha decidiu pela implantação de uma válvula no cérebro, que redireciona o líquido cefalorraquidiano para outra parte do corpo. A técnica permite que o cérebro retorne ao tamanho normal, aliviando os sintomas da doença.

“Ele está bem melhor, já no quarto. A cirurgia foi tranquila, sem intercorrências. E 24 horas após a operação, foi feita uma tomografia para ver a posição do cateter e está tudo bem. Já percebemos melhoras substanciais no quadro evolutivo, ele está mais ativo, se movimentando mais, porque estava com dificuldade nos movimentos. Espero que ele tenha alta, se tudo correr bem, até esta quinta-feira. Estamos nessa esperança de que até ele possa ter alta logo”, afirmou Pablo.

Franklin Capistrano, 78 anos, é médico psiquiatra e foi vereador do município de Natal por sete mandatos, tendo sido presidente da Câmara Municipal de Natal durante o biênio 2015-2016. Filiado ao PSB, o ex-parlamentar é natural da cidade de Monteiro, na Paraíba, e começou sua atividade política no movimento estudantil. Em 2020, decidiu não disputar o pleito eleitoral por opção pessoal.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.