BUSCAR
BUSCAR
Indenização
Evaristo Costa processa CNN após demissão “humilhante”
O profissional acusa a emissora de desrespeito e danos morais e materiais
Diário do Nordeste
15/11/2021 | 16:25

Após ser demitido pela CNN Brasil, Evaristo Costa decidiu mover uma ação na Justiça Cível contra a emissora, com pretensão de indenização. O jornalista acusa a televisora de desrespeito profissional e danos morais e materiais, conforme colunista do portal Uol.

Segundo o profissional relatou em setembro, ele tomou conhecimento do desligamento enquanto assistia a nova chamada de programação do canal. De férias, Evaristo notou que o programa que apresentava, CNN Séries Originais, não constava na grade.

“Liguei pra saber o motivo e fui informado que ele havia sido retirado da grade e que a empresa não tinha mais interesse nos meus serviços”, disse o jornalista na época.

Evaristo acredita que o correto seria ter sido o primeiro a ser informado da demissão, e considerou humilhante a forma escolhida pela direção para o corte. “Me chutaram pelas portas dos fundos”, desabafou à época.

A CNN afirmou que foram realizadas diversas tentativas para que ele permanecesse na casa, mas ele teria recusado as propostas.

Conforme o colunista Ricardo Feltrin, Evaristo estaria pedindo uma indenização de R$ 300 mil. O processo ainda está em estágio inicial e não possui data prevista para um desfecho.

Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.