BUSCAR
BUSCAR
UFRN

Estudo da UFRN analisa óbitos por suicídio no RN

O trabalho foi apresentado no 40º Congresso Brasileiro de Psiquiatria
Redação
27/10/2023 | 09:11

Examinar dados sobre mortes por suicídio registrados no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), no período de 2019 a 2021. Esse foi o objetivo do estudo Análise do Perfil de Óbitos por Suicídio no RN, elaborado por Fernando Alencar, aluno do curso de Medicina, do Centro de Ciências da Saúde (CCS/UFRN). O trabalho foi apresentado no 40º Congresso Brasileiro de Psiquiatria, que ocorreu, de 18 a 21 de outubro, em Salvador, BA.

O estudo analisou os óbitos que foram causados por lesões autoprovocadas intencionalmente. O trabalho considerou variáveis, como o sexo, a faixa etária, a raça/cor e a escolaridade. A análise dos dados revelou que, nesse intervalo de tempo, ocorreram 643 óbitos por suicídio no estado. Houve aumento de cerca de 15% no ano de 2020 em relação a 2019. Também foi verificado um crescimento de 8% de casos em 2021 em relação a 2020.

estudoDepressão, suicidio
O estudo analisou os óbitos que foram causados por lesões autoprovocadas intencionalmente - Foto: Reprodução

Segundo Fernando Alencar, a elevação nos casos de óbitos por suicídio entre 2020 e 2021 ocorreu dentro do período da pandemia de covid-19. “Outro dado que destaco é a alta prevalência de óbitos por suicídio na população parda com 73%, e na população masculina, com 82%”, afirmou.

A partir dos resultados obtidos, a pesquisa evidencia a necessidades de políticas públicas de saúde voltadas para o combate ao suicídio nos grupos mais vulneráveis. Também é ressaltada a necessidade de capacitação dos profissionais de saúde, no sentido de aprimorar o preenchimento e o registro das notificações no SIM.

Magda Chambriard toma posse como presidente da Petrobras
Ela assumiu logo após ser eleita pelo Conselho de Administração
24/05/2024 às 12:12
Moraes quer responsabilizar big techs por publicações em redes sociais
É preciso garantir regulamentação adequada no setor, diz ministro
22/05/2024 às 16:08
Demitido da Petrobras, Prates terá direito a 6 meses de salário extra
Demitido da Petrobras, Jean Paul Prates terá de cumprir seis meses de quarentena, com salário mensal de R$ 133 mil até novembro
21/05/2024 às 15:55
Faustão faz primeira aparição após transplante de rim
Apresentador participou da festa de aniversário do filho caçula
21/05/2024 às 14:23
Batata, banana, laranja e melancia estão mais baratas, segundo a Conab
Cenário é de preço menor também para a banana
20/05/2024 às 12:54
Seguro obrigatório voltará a ser pago em 2025
Nova taxa prevê pagamento de serviços médicos a vítimas de acidentes
17/05/2024 às 14:58
Analfabetismo cai, mas 11,4 milhões ainda não sabem ler e escrever no Brasil, diz IBGE
Em 13 anos, taxa teve uma redução de 2,6 pontos percentuais, caindo de 9,6% para 7%
17/05/2024 às 14:43
Após tratamento para erisipela, Bolsonaro tem alta de hospital
Ex-presidente estava internado no Hospital Vila Nova Star, São Paulo
17/05/2024 às 13:04
Caixa começa a pagar Bolsa Família de maio
Pagamento no Rio Grande do Sul é unificado
17/05/2024 às 12:08
Lula sanciona volta da cobrança do seguro Dpvat, mas veta multa por não pagamento
Presidente vetou os artigos que estabeleciam multa pela falta de pagamento do Seguro Obrigatório
17/05/2024 às 12:00
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.