BUSCAR
BUSCAR
Retomada
Em sinal de recuperação, TAP inclui Natal na temporada do inverno europeu
Voos estarão disponíveis na totalidade em 10 de setembro. Para entrar no país, brasileiro precisa fazer teste PCR
Redação
02/09/2021 | 08:12

Suspensos desde o agravamento da pandemia da Covid-19, os voos da companhia aérea portuguesa TAP Air Portugal para Natal devem ser retomados a partir de outubro. A confirmação foi dada pela empresa à Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte.

A retomada para a capital potiguar faz parte do plano anunciado pela companhia para a temporada do inverno europeu. Uma reunião entre a secretária estadual de Turismo, Aninha Costa, o presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Bruno Reis, e a diretoria da TAP está marcada para o próximo dia 9.

“Essa é uma excelente notícia para todos que fazem o turismo no Rio Grande do Norte. Portugal é o nosso principal polo emissor na Europa e o retorno das operações com a TAP reafirma o fortalecimento da retomada do turismo, ampliando a nossa conectividade”, comemora Aninha Costa.

O plano de voos da TAP para a temporada de inverno da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), que tem início a 31 de outubro e se prolonga até 26 de março de 2022, prevê, no período de pico de operação programado pela Companhia, um total de 941 voos por semana, mais 91 frequências semanais do que as 850 que a companhia ofereceu no verão.

Por nota, a empresa destaca que “este aumento da oferta da TAP no pico do inverno dá um sinal positivo e de confiança na recuperação da procura de viagens, em linha com as projeções internacionais para o setor, contribuindo para as perspectivas de recuperação operacional e económica da empresa”.

Para o Brasil a transportadora vai oferecer 52 voos semanais nas 12 rotas que vai operar este inverno. Os voos da operação de inverno começaram a ser carregados no sistema de reservas nesta quarta-feira, 1º, e estarão disponíveis na totalidade no dia 10 de setembro.

Pandemia

Portugal entrou para a lista dos países que estão com os portões abertos para os brasileiros sem necessidade de quarentena. Os turistas que quiserem entrar no país terão apenas que apresentar um resultado negativo de um teste PCR realizado nas 48 horas anteriores antes do embarque ou um teste de antígeno realizado nas últimas 24 horas antes da viagem. A autorização para a entrada dos brasileiros é válida, por enquanto, até o dia 16 de setembro. A decisão pode ser revertida caso a situação da epidemia de covid-19 piore no Brasil.

Covid-19: brasileiro é ainda um dos mais barrados no exterior

A vida do brasileiro que quer embarcar para o exterior já foi mais difícil, desde que eclodiu a pandemia da covid-19. Neste momento, alguns países começaram a liberar a entrada de turistas – entre eles alguns dos destinos mais buscados, como Suíça, Espanha, Alemanha e França.

Essa reabertura é reflexo do aumento da vacinação dos brasileiros e da consequente queda no número de casos e mortes pela doença. Uma das consequências desse movimento é que os gastos com turismo fora do país cresceram 69% em julho na comparação com o mesmo período de 2020, mas ainda estão muitos distantes dos vistos em 2019, antes da pandemia: US$ 452 milhões agora, ante U$ 1.9 bilhão em julho de dois anos atrás.

Ainda que não seja hoje o país em que mais pessoas morrem por covid-19, o Brasil é, ao lado da África do Sul, o local que mais sofre com restrições severas na hora de entrar no exterior.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.