BUSCAR
BUSCAR
Eleições 2020
Em recado a candidato a prefeito do PT, Carlos Eduardo lembra que derrotou Fátima em Natal em 2018
Adversários na disputa pelo Governo do Estado em 2018, Carlos Eduardo Alves e Fátima Bezerra estarão em lados opostos novamente na eleição municipal deste ano
Redação
11/09/2020 | 18:13

Em um claro recado ao pré-candidato do PT à Prefeitura do Natal, Jean Paul Prates, o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) disse nesta sexta-feira (11) que, considerando apenas a votação na capital potiguar, derrotou “fragorosamente” a governadora Fátima Bezerra (PT) nos dois turnos da eleição de 2018 para o Governo do Estado.

A fala aconteceu durante convenção do PDT, que confirmou nesta sexta apoio à reeleição do atual prefeito, Álvaro Dias (PSDB). Adversários na disputa pelo Governo do Estado em 2018, Carlos Eduardo e Fátima estarão em lados opostos novamente na eleição municipal deste ano, uma vez que a governadora já declarou apoio a Jean Paul Prates – que ainda terá o nome confirmado em convenção.

“Apesar de ter vencido em toda a região Nordeste, apesar de ter vencido no interior do Estado, o PT perdeu fragorosamente por mais de 90 mil votos em Natal”, disse o ex-prefeito na convenção, lembrando da vantagem que obteve no segundo turno da eleição de 2018 apenas na capital potiguar. No cômputo geral, contudo, Fátima foi a mais votada e eleita.

Segundo Carlos Eduardo, seu desempenho na disputa para governador em 2018 mostra como o seu partido, o PDT, é forte na cidade e que, por isso, deverá sair vitorioso na disputa de 2020, apoiando agora a reeleição de Álvaro Dias. O ex-prefeito registrou que teve maioria contra o PT nos dois turnos da eleição.

“Quando houve o segundo turno na eleição de governador, o PT disse que o interior estava resolvido. Disseram: ‘Vamos ficar o segundo turno todinho dentro de Natal e vamos ganhar de Caros Eduardo também em Natal’. Fizeram uma ação, jogaram dinheiro para cima, fizeram de tudo. As pessoas me diziam: ‘Carlos Eduardo, não vá para o interior. Fique na cidade de Natal porque o PT vai ficar todo em Natal para virar o resultado’”, lembrou o ex-prefeito.

“Mas ninguém destrói trabalho. Eu fui embora para o interior para ver se diminuía a maioria e o PT ficou aqui. Perdeu dinheiro e tempo porque Natal reafirmou, me dando a maioria de mais de 90 mil votos para ser o governador do RN”, enfatizou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.